Polícia Civil prende quadrilha que aplicava golpes em todo Brasil

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Terça, 11 Julho 2017 22:31, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

6759 col 4

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou, na última quarta-feira (5), uma operação que resultou na prisão de oito pessoas que integravam uma organização criminosa suspeita de aplicar golpes em vários estados do país. Entre os golpes, estão fraude na venda de veículos e falso empréstimo. A operação recebeu o nome de “Simulation” e culminou na prisão de oito pessoas, além de duas conduções coercitivas e 13 mandados de busca e apreensão cumpridos.  Estima-se que cerca de 100 pessoas foram lesadas, gerando um lucro de R$ 2 milhões para a quadrilha.


 
Entre os presos estão os irmãos Carlos Francisco Gomes, 40 anos; João Francisco Gomes, 45, e Marizan Francisco Gomes, 51. A esposa de João, Romária Flávia de Oliveira, 30, e a companheira de Carlos, Janaine Ferreira da Silva, 31, também foram presas, além de Elisson Euclides Braga, 32; Walter Sérgio Matos da Silva, 45, e Jakeline Aparecida Pereira, 32. Foram conduzidos coercitivamente Eduardo Silva do nascimento, conhecido como Dudu, 38, e Emerson Ribeiro da Silva, 41. Uma mulher ainda está foragida.

O Superintendente de Investigação e Polícia Judiciária (SIPJ), Delegado-Geral Márcio Lobato, contou o que foi apurado pelas investigações. “As apurações começaram há cerca de cinco meses quando uma das vítimas nos procurou para relatar que tinha caído em um golpe. Eles cometiam dois tipos de golpe. O primeiro era a falsa venda de veículos. Eles anunciavam o veículo em um site de vendas, o interessado entrava em contato com o vendedor e ele contava uma história - de que já tinha pagado 48 prestações e que ainda faltavam 12, mas que o banco tinha recolhido o carro e que teria feito um acordo para pagar um valor bem abaixo do que ele devia, mas que esse pagamento deveria ser feito em um prazo curto - justamente para não dar tempo de a pessoa conseguir descobrir o golpe. O vendedor passava o telefone de uma empresa e o atendente confirmava a veracidade das informações e emitia um boleto para que a pessoa efetuasse o pagamento. O dinheiro caía na conta de um ‘laranja’ e depois ele dividia o dinheiro”, destacou. “Eles chegavam a vender o mesmo carro cinco vezes em uma mesma semana”, completou.


A segunda modalidade de golpe era o falso empréstimo. A quadrilha oferecia, na internet e em jornais, empréstimos para pessoas com o nome negativado e, para se concretizar o negócio, a vítima teria que depositar a quantia de 10% do valor do empréstimo a título de seguro. E como de costume, após o deposito desse seguro, os criminosos não mais atendia ao telefone.

De acordo com o Chefe do Departamento de Fraudes, Rodrigo Bossi, as investigações continuam. “Vamos dar continuidade à operação e o nosso objetivo agora é descapitalizar a organização criminosa, pois eles faziam diversas viagens, faziam muitas festas e esbanjavam dinheiro”, ressaltou.

 
O delegado Daniel  Buchmüller, responsável pelas investigações, discorreu sobre o trabalho desempenhado pela equipe. “Foram oitos presos: cinco por prisão preventiva e três por temporária. Eles confessaram a participação nos golpes, mas não deram detalhes. Disseram que estavam desempregados e por isso se envolveram no crime. Essa era uma quadrilha extremamente organizada e que agia em diversos estados do país, como Brasília, Tocantins, Paraná, Rio Grande do Sul, entre outros”, destacou.

 


SUSPEITO DE VENDA ILEGAL DE PASSAGENS DE ÔNIBUS É PRESO NA CAPITAL

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Terça, 11 Julho 2017 19:47, Escrito por PC MG ,
Imprimir

otimo civil11 07 17

Com o objetivo de combater o crime contra o patrimônio, a Polícia Civil realizou a prisão em flagrante de Rubens Ramos de Queiroz, 45 anos, na quarta-feira (5), por estelionato e receptação qualificada. Além da prisão, os policiais civis ainda fecharam a loja Estação do Disco, localizada na Praça da Estação, no Edifício Central, em Belo Horizonte.


 Segundo o delegado Rodrigo Baptista Damiano, responsável pelas investigações, o estabelecimento fechado era o único com ponto fixo onde eram vendidas passagens irregulares do transporte público urbano em Belo Horizonte. E, no local, alguns cd’s antigos ficavam expostos apenas para encobrir a prática criminosa. “O local onde funcionava o esquema criminoso de venda ilegal de passagens era localizado em frente a uma estação e bilheteria do Move e, por essa proximidade, acabava por funcionar praticamente como uma bilheteria paralela. Esse tipo de comércio traz prejuízos tanto para o empregador, que é obrigado por lei a fornecer o vale transporte a seus funcionários, como para o próprio sistema de transporte público,” ressaltou.

De acordo com as investigações, os titulares dos cartões (BHbus e Ótimo) entregavam os cartões para o suspeito, que descarregava o respectivo crédito em até 15 dias e ficava com 55% do valor arrecadado. “A partir desse momento, outros usuários do transporte público procuravam por Rubens e pagava a passagem. Ele, então, ia com o usuário até a catraca, passava o cartão e retornava para a loja. A passagem era vendida por R$ 3,75, enquanto nas bilheterias do Move o preço praticado é R$ 4,05”, explicou o delegado.

No local, ainda foram apreendidos 241 cartões de ônibus (BHbus e Ótimo), bem como material utilizado no controle da contabilidade e na divulgação do serviço. 

 


OPERAÇÃO MAXIM PRENDE 14 SUSPEITOS DE TRÁFICO DE DROGAS EM BH

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Terça, 11 Julho 2017 19:41, Escrito por PC MG ,
Imprimir

presos11 07 17

Operação resultou na prisão de 14 suspeitos de tráfico de drogas; Alexsander e Vinícius estão foragidos

 

Com o objetivo de reprimir o tráfico de drogas em Belo Horizonte, a Polícia Civil realizou a operação “Maxim” em Belo Horizonte. Durante a ação foram, foram cumpridos 14 mandados de prisão contra suspeitos que despontavam na liderança do comércio de drogas no Aglomerado Morro do Papagaio, na zona Sul da capital. Ainda estão foragidos Alexsander Magno Moreira, 20 anos, e Vinícius Lopes Pereira, de 22.


A delegada Cristiana Angelini, que coordenou as investigações, destacou a importância da operação, que teve início em novembro de 2016, e terminou com a desarticulação de uma organização que atuava dentro do aglomerado.  “Trata-se de uma investigação criminal de combate ao tráfico ilícito de drogas, associação ao tráfico, porte de arma e organização criminosa”, ressaltou Cristiana.

operacao maxim 2

Delegada Cristiana Angelini apresentou resultado da operação à imprensa

As investigações tiveram início após conflitos entre os traficantes que atuam no aglomerado. “Devido aos conflitos, eclodiram diversos homicídios de jovens na região. E a partir das investigações, através do serviço de inteligência, tivemos êxito em identificar o principal suspeito, o Bruno. A partir da sua identificação, conseguimos identificar e qualificar toda a organização criminosa voltada para o tráfico”, ressaltou.

De acordo com a delegada, o perfil dos envolvidos é o mesmo. “Conseguimos prender os integrantes da organização criminosa “gangue dos ratos”, bastante conhecida no meio policial. Essa gangue possui três células, e nessa operação conseguimos prender todos os integrantes de uma dessas células. Geralmente são moradores do aglomerado que residem no local desde a infância. Quando chegam na adolescência, são aliciados por traficantes para realizar a venda das drogas”, contou.

Na ação, foram apreendidos um veículo, um colete balístico, três carregadores, um rádio comunicador, porções de substâncias semelhantes a maconha, pó branco semelhante a cocaína, sacos plásticos para “dolagem” e dinheiro.

Foram presos:

1- Alisson Soares Silva – 25 anos

2- Bruno Eduardo Perdigão Campos - 24 anos

3- Cleison Gonçalves de Souza - 18 anos

4- Guilherme Gaspar Oliveira da Silva - 18 anos

5- Henrique Garcia Lima - 25 anos

6- João Victor do Espirito Santo - 19 anos 

7- Luciano Jerônimo de Souza - 50 anos

8- Márcio Daniel de Souza Campos - 18 anos

9- Matheus Rodrigues Mendes Ferreira - 18 anos

10- Pedro Henrique de Lima Costa - 28 anos

11- Ronilto Pereira - 42 anos

12- Victor Hugo Perdigão 20 anos

13- Wanderson Vitor Lacerda Reis - 19 anos                    

14- Yuri Augusto da Silva -19 anos       

 


PC PRENDE INVESTIGADOS DE LATROCÍNIO DE FILHO E PADRASTO EM UBERLÂNDIA

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Terça, 11 Julho 2017 09:18, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

uberlandia presos apresentados em coletiva

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) em Uberlândia elucidou o crime que vitimou o professor aposentado Auster Ruzante, alvejado em uma troca de tiros. Na ocasião, o enteado de Auster, Antônio Carvalho Vieira Neto, de 25 anos, também foi alvejado. O professor se encontra internado e o filho, que era soldado do exército, faleceu. Foram presos Diego Bruno de Souza e Thalisson Teotônio de Souza, ambos de 29 anos, e Vilmar Gonçalves Cafelista, 34 anos.

Leia mais...


Saúde: Inverno traz risco de doenças que podem comprometer a visão, diz oftalmologista

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Terça, 11 Julho 2017 09:08, Escrito por Agência Brasil ,
Imprimir

olho gota colirio

A chegada do inverno exige atenção, porque a época é propícia ao surgimento de doenças que podem comprometer a visão. O alerta é da oftalmologista Renata Rezende, professora de pós-graduação da PUC-Rio. A médica disse que, no inverno, é comum ocorrerem casos de alergia ocular em pacientes que têm condição prévia alérgica e que, nesta época do ano, pioram, diferentemente dos que moram em países da América do Norte, que passam por este problema durante a primavera.

 

Segundo ela, no inverno também é comum o aparecimento de doenças virais que afetam os olhos. Com relação à alergia, a especialista completou que, no Brasil, a doença é em geral desencadeada pelo ácaro, muito presente, por exemplo, no cobertor e agasalhos que estão guardados. “Quando eles têm contato com este tipo de vestuário ou de coberta, desencadeiam as crises alérgicas e o olho normalmente é afetado, nesta época, por conta disso”, advertiu.

Cuidados

Para evitar as alergias, a médica sugeriu lavar as cobertas e agasalhos que estejam guardados antes de usar. Além disso, aconselhou manter janelas abertas durante um período do dia para fazer a ventilação da casa. “É uma época que a gente tira tudo do armário para usar. Então, tira antes de usar para pegar um sol, para arejar, lavar, porque isso diminui a concentração de ácaros. Deixa as janelas abertas, mesmo no frio, não deixar aquele ambiente muito fechado. Tem que circular o ar”, alertou.

Outra medida eficaz é sempre lavar as mãos e evitar levá-las no nariz, na boa e nos olhos. “Perder o hábito de levar a mão à face. É um cuidado importante, porque vai ajudar a prevenir uma infecção respiratória”, revelou. A médica também lembrou um velho erro de todos que ficam com os olhos coçando, acrescentando que esfregar os olhos pode agravar o quadro das doenças.

Conjuntivite

Outro fator que contribui para os problemas de saúde ocular no inverno é a infecção viral causada pelo adenovírus, que provoca gripe e infecções respiratórias. De acordo com a médica, o paciente fica com baixa imunidade, o que permite o surgimento de doenças como a conjuntivite.

“A conjuntivite que dá nesta época é mais associada a situações em que o paciente já está gripado. É aquele adenovírus na via aérea superior que também pega a superfície ocular. Não é aquela epidemia que a gente vê no verão, é uma conjuntivite mais branda, mas afeta os dois olhos”, explicou.

Herpes

Renata Rezende, que também é integrante da Academia Americana de Oftalmologia, destacou que as infecções respiratórias acabam sendo mais frequentes no inverno porque é mais comum se permanecer em locais fechados para escapar do frio e o ambiente fica contaminado por partículas decorrentes até de espirros. Nesta situação, podem se manifestar também casos de herpes em pacientes que também estão com baixa imunidade e que já tiveram contato com a doença.

“O mesmo herpes que provoca uma lesão labial pode dar uma recidiva ocular. Então, pode dar uma lesão na pálpebra, pode dar conjuntivite, que parece uma conjuntivite por vírus simples, mas pode ser causada pela herpes, pode afetar a córnea e pode afetar os tecidos dentro do olho, como a íris. O herpes é um vírus que pode estar associado ao comprometimento de várias estruturas oculares”, indicou.

Dia da Saúde Ocular

Neste 10 de julho, quando se comemora o Dia da Saúde Ocular, a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO) aproveitou para alertar para a importância do cuidado com os olhos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a falta de cuidados pode levar 225 milhões de pessoas em todo o mundo a ter baixa visão até 2020.

A oftalmologista Renata Rezende contou que, entre as causas de perda visual, estão doenças como o glaucoma, a catarata, problemas de retina que podem ser tratáveis se forem identificadas de forma precoce, como o caso da degeneração macular relacionada à idade, e problemas de retina relacionada a doenças sistêmicas, como diabetes mal controlado.

“Todas essas são condições que aumentam o risco de o paciente perder a visão a longo prazo. Acho que esses dados são alarmantes, porque são doenças que a gente pode prevenir. Em cidades maiores, pode haver a preocupação, mas, infelizmente, é um cuidado que a gente não vê na maior parte do país”, destacou a médica, que é especialista em catarata.

 


FESTIVAL DE INVERNO SABARÁ 2017

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Segunda, 10 Julho 2017 10:18, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

POSTFESTI2017

Sabará comemora 306 anos de elevação à Vila Real com uma programação diversificada que vai agradar toda a família. Para a comemoração dos 306 anos a prefeitura preparou o Festival de Inverno 2017 que  terá uma agenda completa com shows, espetáculos de dança, teatro, barraquinhas, oficinas, campeonatos esportivos, ação social e muito mais.

No dia 14 haverá  um super show com a banda Toque de Classe. No dia 15 é para forrozear ao som do Trio Lampião. Domingo, 16, o vencedor do the Voice, Renato Viana, promete esquentar a noite.

E no dia 17 de julho, para comemorar o aniversário da cidade terá um super show com o cantor Educado Costa.

Confira a programação: 

 

 “SABARÁ ROCK BIER” -  Praça Melo Viana

Dia 07/07 (Sexta-feira)

19h- ABERTURA - Sessão Rock Nostalgia – DJ  

20h- Show com Urbana 2

22h- Show com It's Only Rolling Stones

Dia 08/07 (Sábado)

14h- Sessão Rock Nostalgia (DJ's).

17h- Show Monkey Wrench (Foo Fighters)

18h30- Show Young Lights

20h- Show Miêta

21h30- Show Oceania (Antigo Diesel)

00h – Ex Led

Festa de Santo Antônio do Pompéu

20h - Show com Nando e Roger.

Dia 09/07 (Domingo)

Praça Santa Rita

10h- Feira de Artesanato

12h- Show com RC POP

Festa de Santo Antônio do Pompéu

20h- Festa de Santo Antônio de Pompéu – Show com Sertanejo Bom                             

 

“SABARÁ ROCK BIER” - Praça Melo Viana

12h- Abertura

13h- 80 Rock

14h30- Na Rock

16h- Scream Ape

17h30- Sargent Peppers Band (Beatles)

19h- Led 3 (Led Zeppelin)

Dia 13/07 (Quinta-Feira)

Palco Praça Melo Viana

20h – Grupo Pegação

22h – Banda Opus 6

Dia 14/07 (Sexta-feira)

10h- XIII Festival de Bouldering – Pedra Rachada

20h- Música nas Igrejas – Igreja das Mercês – Coral e Orquestra da Sociedade Musical Santa Cecilia

Palco Praça Melo Viana

19h - Adelmo e banda

20h – Show com Lucas Penna

22h – Show com a Banda Toque de Classe

Dia 15/07 (Sábado)

08h- XIII Festival de Bouldering – Pedra Rachada

09h- ACISO – Ação Cívico Social - Rua Mariana, 300. General Carneiro.

 

Pátio da Secretaria de Cultura

16h- Teatro – Companhia de Palhaços

 

Palco Praça Melo Viana

16h- DJ

17h- Horizonte Groove

19h- Amigos do Samba

21h- Banda Swing do Tapa

23h- Trio Lampião.

Dia 16/07 (Domingo)

10h – XIII Festival de Bouldering – Pedra Rachada

10h30- Festa de Nossa Senhora do Carmo -  Procissão pelas ruas centrais.

PRAÇA SANTA RITA

10h- Feira de Arte e Cultura

11h30 - Teatro – “Memórias de um quintal” Grupo Picadeiro Ambulante

12h30- Show com Three Acústico

14h30- Adilson e Cedric

PRAÇA MELO VIANA

16h- Bateras de Minas - Praça Melo Viana

18h- Show com a Banda Mistura Nossa

20h- Show com Renato Viana - Vencedor do The Voice Brasil 2015.

Nações Unidas

16h- Teatro Infantil – Branca de Neve – Praça São Sebastião

Dia 17/07 (Segunda-feira)

1711 – “VILLA REAL DE NOSSA SENHORA DA                                                         CONCEIÇÃO DO SABARÁ 2017 – 306 anos”

9h- Transferência Simbólica da sede da Comarca para o Arraial Velho – Um dos núcleos pioneiros na formação do município.

9h – Missa em comemoração aos 306 anos de elevação à Villa – Igreja Sant’Ana Arraial Velho.

 

PRAÇA MELO VIANA

15h - Roda de Samba - Velha Guarda do Samba e convidados

21h- Show Especial  “Eduardo Costa”                                 

 

PRAÇA SANTA RITA

16h- Festival Municipal de Dança e Música.

17h- Show com Gustavo Rodrigues

19h- Show com Banda Dinastia

Dia 18/07 (terça-feira)

13h- Oficina de papagaios – Biblioteca Pública Municipal Prof. Joaquim Sepúlveda

14h- Oficina de Pandeiro – Polo Cultural Francisco José Lourenço

20h- Lançamento do livro 50 Contos sem propina de Dimas Lopes – Restaurante Baroco

  

Dia 20/07 (Quinta-feira)

13h- Oficina de papagaios – Módulo II – Biblioteca Pub. Mun. Prof. Joaquim Sepúlveda

19h30- Aulão de Zumba – Praça Melo Viana

20h- “Música nas Igrejas” – Trio Allegro – Santuário de Santo Antônio de Roça Grande.

Dia 21/07 (Sexta-feira)

20h- Musica nas Igrejas – Igreja São Francisco – Centro – Coral e Orquestra da Sociedade Musical Santa Cecilia

 

PALCO PRAÇA MELO VIANA - MULHERES NO SAMBA

20h - Maria Elisa e grupo Fuzuê.

22h- Cinara Ribeiro

 

Dia 22/07 (Sábado)

8h- Troféu Villa Real de Vôlei Feminino – Praça de Esportes

 

PALCO PRAÇA SANTA RITA

10h- Mostra de Trabalhos Artesanais – André de Oliveira.

10h30- Mostra de Damas

18h- Festival de Dança

 

PALCO PRAÇA MELO VIANA

19h- Swing da Lua

21h- Forró de saia

23h- Uai que Cola

XIX Festa do Cavalo de Ravena

17h—Show com Trio Zeferino

 

Dia 23/07 (Domingo)

08h- Troféu Villa Real de Vôlei Feminino – Praça de Esportes

08h30- Abertura do Campeonato de Society Adulto na Praesa

16h- Teatro. “Essa Rua é nossa” - Insensata Cia de Teatro – Praça do Povo. Bairro de Fátima.

PALCO PRAÇA SANTA RITA

08h- Feira de Arte e Cultura

10h- “Encontro de Bandas”

XIX Festa do Cavalo de Ravena

11h- Abertura

16h- Teatro Infantil na Praça Nossa Senhora da Assunção – “Os Saltimbancos”

PALCO PRAÇA MELO VIANA

15h- Show com  Velha Guarda do Samba

17h- Show com Renato Leal e Igor Barroso “Simplesmente Vander Lee”

19h- Show com a Banda Grata Dose

Dia 24/07 (Segunda-feira)

13h- Oficina de bonecos de lã  – Biblioteca Pública Prof. Joaquim Sepúlveda

Dia 26/07 (Quarta-feira)

19h- Festa de Santana - Igreja de Sant'Anna - Arraial Velho.                                 

20h- Musica nas Igrejas – Igreja de Santana – Arraial Velho. Coral da Sociedade Musical Santa Cecilia

Dia 27/07 (Quinta-feira)

14h- Oficina de bordado - “A virada de olhar pelas portas e janelas de Sabará”. Antiga Câmara e Cadeia. Biblioteca Pública Municipal Prof. Joaquim Sepúlveda - Rua da República, 58.

Dia 28/07 (Sexta-feira)

PALCO PRAÇA SANTA RITA

20h- Show com Raul Mariano

21h30- Show com Teresa – Samba de raiz

Dia 29/07 (Sábado)

PALCO PRAÇA MELO VIANA

20h30- Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

 

PALCO PRAÇA SANTA RITA

10h- Sabará em Bordados - Mostra de Bordados tradicionais

16h- Teatro – Companhia de Palhaços

22h- Show com Tom Nascimento

Dia 30/07 (Domingo)

Sabará Adventure – Arena Largo do Marquês

08h- Abertura

14h30- Show com Sapotchen

16h- Show com Acadêmicos do Rock

10h - Oficina Hip Hop - Bosque Municipal Alfredo Machado

11h - II Encontro de Congadeiros – Museu do Ouro

11h- Teatro: “Na Roda” – Praça da Escola Municipal Irene Pinto do Bairro Borges

16h- Teatro: Companhia de Palhaços no Bairro Morada da Serra

PALCO PRAÇA SANTA RITA

10h- Feira de Arte e Cultura

16h- Teatro Infantil – Rapunzel

20h- Show com a Banda Ascensão

IX Festival Cultural e Turístico de Sabará” - Praça Vesta – Ana Lúcia.

Dia 05/08 (Sexta-feira)

18h- Abertura e apresentação de bandas

Dia 06/08 (Sábado)

15h- Feira: “Sabará Mostra a Sua Arte” (artesanato e gastronomia).

16h- Mostra Novos Talentos.

18h- Apresentação de grupo de dança do ventre.

20h- Shows

07/08 (Domingo)

10h- Feira: “Sabará Mostra a Sua Arte” (artesanato e gastronomia)

11h- “Hoje é Dia de Banda”

13h- Desfile do “Bandão”

15h- Mostra Novos Talentos e shows.

Informações: (31) 3672-7864, Secretaria de Cultura de Sabará

 


Boleto vencido pode ser quitado em qualquer banco a partir de hoje

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Segunda, 10 Julho 2017 09:30, Escrito por Agência Brasil ,
Imprimir

boleto leitor

A partir de hoje, boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) começa a adotar, de forma escalonada, uma plataforma de cobrança que permite a quitação de boletos em atraso em qualquer agência bancária.


Por enquanto, a novidade só estará disponível para os boletos de valor igual ou superior a R$ 50 mil. O valor mínimo será reduzido para R$ 2 mil em 11 de setembro, R$ 500 em 9 de outubro e R$ 200 em 13 de novembro. A partir de 11 de dezembro, boletos vencidos de todos os valores passarão a ser aceitos em qualquer banco.

A nova plataforma de cobrança permitirá a identificação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do pagador, o que facilitará o rastreamento de pagamentos. Ao quitar o boleto, o próprio sistema verificará as informações. Se os dados do boleto coincidirem com os da plataforma, a operação é validada. Caso haja divergência nas informações, o pagamento só poderá ser feito no banco de origem da operação.

Conforme as datas de adoção da nova plataforma e as faixas de valores, os bancos deixarão de aceitar boletos sem o CPF ou o CNPJ do pagador. Os clientes sem esses dados serão contatados pelos bancos para refazerem os boletos.

De acordo com a Febraban, o atual sistema de cobrança funciona há mais de 20 anos e precisava ser atualizado. A previsão inicial era que o novo sistema entrasse em vigor em março para valores acima de R$ 50 mil, mas teve que ser adiada para este mês. Segundo a Febraban, o adiamento foi necessário para garantir a alimentação da plataforma de cobrança por todas as instituições financeiras.

 


Minas tem pelo menos 14 Barragem sem condições de estabilidade

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Terça, 04 Julho 2017 09:20, Escrito por Agência Minas ,
Imprimir

Barragem Porteirinha

Feam divulga dados de Inventário de barragens 2016, Foram cadastradas 737 barragens, das quais, em 724 foram declaradas a condição de estabilidade

 

A Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) divulgou nesta segunda-feira (3/7) as informações do Inventário de Barragens 2016. As informações constam das Declarações de Estabilidade de Barragem cadastradas pelos responsáveis de empreendimentos industriais e minerários, que possuem barragens de contenção de rejeitos e de resíduos. A declaração deve ser feita anualmente e está determinada nas Deliberações Normativas do Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam) 87/2005 e 124/2008.


No ano de 2016, foram cadastradas 737 barragens, das quais, em 724 foram declaradas a condição de estabilidade. Dessas, 94,9% das barragens (687) possuem estabilidade garantida pelo auditor, em 3,2% (23) o auditor não concluiu a condição de estabilidade e em 1,9% (14) o auditor não garante a estabilidade.

Em atendimento ao Decreto 46.933, de maio de 2016, que institui a Auditoria Técnica Extraordinária de Segurança de Barragem e à Resolução Conjunta Semad/Feam 2.372, que estabeleceu diretrizes para realização da Auditoria Técnica Extraordinária de Segurança de Barragens de rejeito com alteamento para montante e para a emissão da correspondente Declaração Extraordinária de Condição de Estabilidade, foram declaradas pelos empreendedores, 61 barragens com alteamento à montante. Dessas, depois de realizados os estudos determinados pela Resolução 2.372, quatro estruturas não tiveram a estabilidade garantida pelos auditores.

Fiscalizações

Com o objetivo de trabalhar de uma forma mais integrada e com uma visão mais abrangente entre diferentes instituições, foram realizadas, em 2016, 39 vistorias, que envolveram equipes da Feam, da Secretaria de Estado de Meio ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), por meio das Subsecretarias de Fiscalização Ambiental (Sufis) e de Regularização Ambiental (Suram), Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec) e Polícia Militar do Meio Ambiente.

“Nessas ações, cada órgão pôde contribuir nas fiscalizações em campo de acordo com sua competência”, disse o diretor de Gestão de Resíduos da Feam, Renato Brandão.

As fiscalizações tiveram como foco as estruturas que não vinham apresentando as declarações de condição de estabilidade na periodicidade correta, além de estruturas com alto potencial de dano ambiental ou as que não apresentaram condição de estabilidade garantida ou sem conclusão pelo auditor.

As fiscalizações verificaram, também, as estruturas em que o auditor apontou falta de dados ou documentos técnicos, denúncias recebidas pela Feam e demandas em ações Civis do Ministério Público Federal (MPF).

A campanha de fiscalização realizada em 2016 resultou num total de 309 diferentes estruturas vistoriadas, até novembro de 2016, gerando 94 autos de fiscalização.

Programa

O Programa de Gestão de Barragens de Rejeitos e Resíduos é desenvolvido pela Feam desde 2002 com o objetivo de reduzir o potencial de danos ambientais em decorrência de acidentes nessas estruturas.

A Feam lançou em 2008, em ação pioneira no país, o Banco de Declarações Ambientais (BDA). A ferramenta permite cadastrar novas barragens, atualizar dados de estruturas já cadastradas e apresentar a declaração de estabilidade, em ambiente web, o que oferece mais agilidade às ações.

Com base nas informações declaradas, a Feam elabora o Inventário Estadual de Barragens de Minas Gerais. O inventário tem como objetivo apresentar os principais dados do cadastro de barragens, as diretrizes e ações realizadas pela Feam, apontando também a evolução dos resultados obtidos no gerenciamento desde a sua implantação.

Clique aqui para ter acesso ao Inventário e Lista completos.

 

 


Prefeitura de Santa Barbara pode barrar reabertura da mina da Samarco

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Segunda, 03 Julho 2017 23:24, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

lelis braga

Na tarde da última sexta-feira (30), a Prefeitura de Santa Bárbara comunicou à Samarco Mineração a disponibilidade do documento a justificar a não conformidade ao empreendimento da empresa no distrito de Brumal. A notificação trata-se da decisão do Município para o Processo Administrativo SMA-0074/2017. O documento, de mais de 100 páginas, aponta que o Terceiro Concentrador de Germano, adutora e parte da linha de transmissão da empresa “não está em conformidade com as leis e regulamentos administrativos municipais que tratam do uso e ocupação do solo, tendo em vista os impactos negativos ao meio ambiente e a ausência de soluções capazes de afastar ou atenuar” tais impactos. 

Leia mais...


Proibição do comércio de vendedores ambulantes gera protesto no centro de BH

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Segunda, 03 Julho 2017 20:23, Escrito por Agência Brasil ,
Imprimir

protesto bh camelos

Camelôs de Belo Horizonte fizeram um protesto hoje (3) contra medidas anunciadas pela prefeitura da capital mineira para coibir o comércio por parte de vendedores ambulantes. Gritando palavras de ordem contra o prefeito Alexandre Kalil, os manifestantes interditaram o trânsito na Praça Sete, no centro da cidade, onde se cruzam as avenidas Afonso Pena e Amazonas. A Polícia Militar fez uso de bombas de gás lacrimogênio para dispersar o protesto.


Durante a confusão que começou pela manhã, lojistas chegaram a fechar as portas e houve correria de quem passava pelo local.  Até o fim da tarde, ainda havia camelôs na Praça Sete conversando com a população. Diversos estabelecimentos abertos mantinham, por precaução, as portas parcialmente fechadas e um funcionário na entrada observando a movimentação.

Segundo vendedores ambulantes, houve feridos com tiros de bala de borracha disparados pela Polícia Militar. “Usaram a força para reprimir quem não tem força. Foi uma covardia”, disse o camelô Luciano de Oliveira, que vende acessórios para celulares, óculos e brinquedos. Por sua vez, a corporação diz que um grupo minoritário entre os manifestantes arremessou pedras contra policiais e danificou uma viatura, sendo necessária a intervenção com jatos de água, bombas de gás lacrimogêneo e tiros de bala de borracha.

“Vias importantes foram fechadas pela manhã e, através do diálogo, nós negociamos a retirada dos manifestantes e liberação das pistas. Infelizmente, um grupo estava mais exaltado, mas foi uma ação rápida. A PM é parceira de qualquer manifestação, desde que ocorra dentro da ordem, o que estava ocorrendo até que alguns se exaltaram”, disse o major Flávio Santigo, chefe da sala de imprensa da Polícia Militar. De acordo com ele, não houve detidos, mas vídeos ainda serão analisados para identificar eventuais crimes.

Operação

O protesto ocorreu após a prefeitura de Belo Horizonte dar início hoje (3) a uma operação de fiscalização para coibir a venda de ambulantes nas ruas do centro da cidade. O trabalho consiste em orientar camelôs com estrutura montada que este tipo de trabalho infringe o Código de Posturas do município. Caso insistam em continuar com as atividades, os produtos à venda são apreendidos e a infração pode gerar uma multa de aproximadamente R$1,9 mil.

“A operação está sendo realizada por uma equipe composta por cerca de 400 pessoas, entre fiscais, agentes de campo, Guarda Municipal e Polícia Militar”, informou em nota a prefeitura. Paralelamente, o Poder Público vem propondo alternativas aos vendedores ambulantes. Uma delas é ocupar estandes nos shoppings populares que existem no centro da cidade. Para tanto, um projeto de lei deverá ser enviado à Câmara Municipal nos próximos dias com o objetivo de garantir um subsídio temporário para que os ambulantes consigam se instalar e se adaptar a estes locais.

Entre os dias 26 e 28 de junho, cerca de 1,5 mil camelôs cadastrados e não cadastrados foram atendidos em uma estrutura onde a prefeitura apresentou esta e outras opções. Entre as demais medidas asseguradas, estão a inserção no mercado de trabalho formal através das oportunidades disponíveis no Sistema Nacional de Emprego (Sine BH) e a oferta de 669 vagas gratuitas em cursos de qualificação nas áreas de administração, contabilidade, artesanato, culinária e informática, entre outras. Também serão ofertadas vagas em feiras semanais de plantas, antiguidades, livros, artesanato, comidas, entre outros.

Impasse

O Código de Posturas foi aprovado em 2003 por meio da Lei Municipal 8616 e sancionado pelo então prefeito Fernando Pimentel (PT), atual governador de Minas Gerais. O Artigo 118 proíbe a atividades de camelôs em logradouros públicos.

Luciano de Oliveira é camelô há cerca de 30 anos e considera que a saída apresentada pela gestão de Alexandre Kalil é a mesma que foi proposta em 2003 por Pimentel.  “Nós fomos para os shoppings populares, mas lá acabamos explorados por empresários e perdemos nossas economias. Precisei investir em um estande e não tive retorno. O aluguel é caro. Além disso, o shopping não tinha piso, não tinha porta, fizemos investimentos do nosso bolso. E o ponto precisava de movimento. Não tinha mais condições financeiras de ficar lá. Por isso, voltei para a rua e agora querem me mandar de volta”.

Outra dificuldade relatada por Oliveira é a concorrência dos chineses que atuam nos shoppingspopulares. Eles teriam forte poder econômico e acesso a mercadorias com preços melhores, o que dificulta a competição.

Contraproposta

Camelô há mais de 20 anos, Robson da Silva Braga trabalha atualmente com bolsas e acessórios para celulares e está se movimentando para apresentar uma contraproposta. Ele defende a organização de uma feira livre na Praça da Rodoviária, onde os camelôs seriam devidamente cadastrados. Colhendo assinaturas, ele tem atualmente mais de 400 apoiadores.

Para Braga, Belo Horizonte carece de um espaço como o Saara, no Rio de Janeiro, e a Rua 25 de Março, em São Paulo. “Nós não queremos atrapalhar os lojistas e nem a população. Só queremos um local adequado de trabalho, mas queremos uma decisão racional e que seja definitiva. Nós precisamos conseguir o pão de cada dia. Uma feira administrada pelos próprios ambulantes funcionando diariamente, com eventos para atrair consumidores, proporciona isso”, diz.

Braga também rechaça a proposta da prefeitura. “Vendedores ambulantes existem desde a Idade Média. Camelôs trabalham na rua e não em shoppings. Nos shoppings nós somos explorados por empresários. Eles ganham às nossas custas e depois querem cobrar aluguéis altíssimos e nos jogam de novo nas ruas”, diz.

 


Arquidiocese de Belo Horizonte integra o Conselho Consultivo do Monumento Natural Serra da Piedade

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Segunda, 03 Julho 2017 19:10, Escrito por Agência Brasil ,
Imprimir

posseconselho

O Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, por meio do Instituto Estadual de Florestas (IEF), realizou nesta sexta-feira, dia 30 de junho, a posse do Conselho Consultivo do Monumento Natural Estadual Serra da Piedade para o biênio 2017/2019. A solenidade foi realizada no Santuário Nossa Senhora da Piedade – Casa dos Peregrinos Dom Silvério.


Colaboradores da Arquidiocese de Belo Horizonte integram o Conselho, que é um espaço de reflexão e negociação das demandas ambientais da Unidade de Conservação da Serra da Piedade, bem como de sua integração com a sociedade.

Padre Carlos Antônio, do Santuário Nossa Senhora Piedade; Márcio Vieira, da Sociedade Civil Espírito Santo e professor Miguel Ângelo Andrade, da PUC Minas integram o Conselho como titulares e Cláudia Rech, do Santuário Nossa Senhora da Piedade e professor Eugênio Batista Leite, da PUC Minas serão suplentes.

 


Copasa inicia obras de saneamento em Sabará

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Segunda, 03 Julho 2017 10:01, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

cop inicica obras sabara

Governo de Minas Gerais, por meio da Copasa, e a Prefeitura Municipal de Sabará assinaram, nesta sexta-feira (30/6), ordem de serviço para o início imediato das obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Sabará, no Território Metropolitano, onde serão implantados aproximadamente 13 quilômetros de redes coletoras e interceptoras de esgoto.


Na oportunidade, a presidente da Copasa, Sinara Meireles, descreveu o ato como um momento festivo para a comunidade e de grande responsabilidade para a empresa. “Estamos organizados, mobilizados, motivados e vamos fazer, sim, a intervenção necessária para iniciar a coleta e o tratamento dos esgotos da cidade de Sabará”, ressaltou.

O prefeito de Sabará, Wander Borges, destacou o evento como um momento histórico. “Essa ordem de serviço contempla alguns anseios da população que é devolver saneados os nossos rios e córregos. O esgoto tratado significa melhor qualidade da água, a nossa contribuição para o meio ambiente e mais saúde para a população”, afirmou.

De acordo com o diretor de Operação Metropolitana da Copasa, Rômulo Perilli, o conjunto das intervenções de esgotamento sanitário em Sabará é da ordem de R$ 130 milhões, nos próximos seis anos. “Essa primeira ordem de serviço parcial é de R$ 25 milhões. Vamos fazer redes coletoras espalhadas na cidade inteira e dois importantes interceptores no Malheiros e no Rio Manso”, explicou.

A construção desses interceptores permitirá a retirada dos esgotos dos manilhamentos e galerias existentes. O diretor disse ainda que, no próximo ano, será dada a ordem de serviço para a estação elevatória, que levará o esgoto para a Estação de Tratamento do Arrudas.

“Com isso, Sabará passará a ter o esgoto além de coletado, tratado, o que é um grande benefício e certamente vai alavancar o município para investir no desenvolvimento industrial” disse.

Essa primeira etapa contempla as regiões: sede do município, General Carneiro, Vilas Reunidas (córrego Rio Manso), Nossa Senhora de Fátima (córrego Santos Dumont), Ana Lúcia / Nações Unidas (Córrego dos Malheiros), entre outros, locais onde as redes de esgotos encontram-se mais danificadas ou inexistentes. A previsão é que essas obras sejam concluídas até o final de 2018, onde mais de 3.200 imóveis da cidade passarão a ter seus esgotos coletados pela Copasa.

Também participaram do evento o presidente da Câmara de Sabará, Valtair Rodrigues, e todos os vereadores, além dos prefeitos Cidinho (Taquaraçu de Minas), Lauro Franco (Frei Gaspar) e Daniel Sucupira (Teófilo Otoni), do tenente coronel da Polícia Militar, Mauro Lúcio, servidores municipais e representantes da sociedade civil.

 


Feira da Agricultura Familiar abre a Semana da Gastronomia Mineira em BH

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Segunda, 03 Julho 2017 09:58, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

content feiraagricultura

Doces, quitandas, cachaça, farinha, ervas e hortaliças estarão à venda na Assembleia Legislativa. Programação inclui palestras, oficinas, demonstrações culinárias e entregas de certificados e prêmios

Uma Feira da Agricultura Familiar irá abrir a programação da Semana da Gastronomia Mineira, em Belo Horizonte, na segunda-feira (3/7). Agricultores de vários municípios vão comercializar seus produtos no Espaço Democrático José Aparecido de Oliveira (EDJAO), que fica na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), das 9h às 20h.


A feira é uma parceria da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), ALMG, Frente da Gastronomia Mineira, Instituto Eduardo Frieiro e oferecerá opções para todos os gostos.

“Iremos levar produtores atendidos diretamente pela Emater-MG ou aqueles que já participaram de alguma capacitação promovida pela empresa em gestão, cooperativismo e outras áreas”, explica a coordenadora de Bem-Estar Social da Emater-MG, Eugênia Mara Dias Gonçalves.  

Quitandas tradicionais de Minas serão ofertadas pelas agricultoras de Congonhas, Itaverava e de Barão de Cocais. Itaguara será representada pelos doces, geleias, polpadas e pela cachaça artesanal. 

Uma novidade para muita gente será a Queca, um bolo feito com frutas secas, sementes e mel. “A Queca é feita em Nova Lima. É um bolo que tem em sua receita a influência do bloco inglês, chamado de cake. Aqui em Minas, ele virou Queca”, explica Eugênia Mara. 

Os consumidores também poderão levar para casa frutas e hortaliças agroecológicas.  “Haverá uma barraca para venda de ervas próprias para temperos e chás, cultivadas sem agrotóxico, no município de Mário Campos.Outro produto que  também deve ter muita procura é a farinha temperada de São Gonçalo do Rio Abaixo, que é produzida  de maneira artesanal em todo o processo de fabricação”, diz a coordenadora da Emater-MG. 

Artesanato tradicional

Na Feira da Agricultura Familiar haverá espaço também para o artesanato. Eugênia Mara conta que um grupo de mulheres de Ritápolis irá trazer toalhas, tapetes, bolsas e outras peças bordadas à mão.

“Este grupo está resgatando os pontos tradicionais usados desde a época em que o Brasil ainda era uma colônia. É um trabalho feito pela Associação das Gabirobinhas e tem tudo para agradar”, garante a coordenadora da Emater-MG.

No mesmo espaço onde será montada a feira,  vai se realizada a solenidade oficial de abertura da Semana da Gastronomia Mineiras, às 10h. 

Semana da Gastronomia Mineira


Em 2012, o Governo do Estado instituiu o Dia da Gastronomia Mineira, celebrado em 5 de julho. Para comemorar a data, é realizada a Semana da Gastronomia Mineira. 

O Instituto Eduardo Frieiro e a Frente da Gastronomia Mineira organizaram uma intensa programação para celebrar a data. O evento tem o patrocínio do Governo de Minas Gerais, por meio da Gasmig,  e parceiros, como a Emater-MG. 

A Semana da Gastronomia envolve, entre os dias 3 e 9 de julho, oficinas, palestras, demonstrações culinárias, homenagens, feira de agricultura familiar, entrega de prêmio e certificado de reconhecimento, entre outras atividades.

A programação acontece em diversos espaços de Belo Horizonte, como a Assembleia Legislativa,  MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, UNA Campus João Pinheiro 2,  Mercado Central e Centro Mineiro de Referência em Resíduos, com temáticas que valorizam a culinária mineira.

Ainda para homenagear a gastronomia do estado, no período de 3 a 30 de julho cinco restaurantes – Casa Cheia, Paladino, MMM Café, Omilía e Templo Cervejeiro Backer – terão em seu cardápio um prato inédito com os ingredientes baseados nos terroirs mineiros: Espinhaço, Central, do Cerrado, dos Rios e da Mantiqueira.

De acordo com o representante do instituto Eduardo Frieiro e curador do evento, chef Edson Puiati, “o objetivo com este projeto é envolver Minas Gerais, mostrar esta diversidade cultural esculpida na gastronomia”.

Segundo Puiati, as pessoas se reúnem em volta da mesa e fazem questão de se deliciar com os pratos, junto da família e amigos. O mineiro é conhecido por sua hospitalidade, que traduz em sua gastronomia, tornando a culinária um atrativo tradicional.

Para o presidente da Frente da Gastronomia Mineira, Agostinho Patrus Filho, "as atividades da Semana da Gastronomia proporcionam a valorização desta importante manifestação da nossa cultura: a culinária mineira". Além disso, completa Patrus Filho, "o evento também renova o compromisso do setor gastronômico de unir esforços para projetar Minas - nacional e internacionalmente - como o estado da gastronomia".

O objetivo do evento é resgatar e prestigiar a história e os valores da gastronomia mineira, contribuindo para explorar o potencial turístico e a geração de renda, fortalecendo também sua identidade.

O dia 5 foi escolhido em homenagem ao escritor mineiro Eduardo Frieiro, que lançou, na década de 60, o primeiro livro de gastronomia, chamado “Feijão, Angu e Couve”, que trata, entre outros temas, sobre a forma de comer do mineiro.

Frieiro também foi membro da Academia Mineira de Letras e fundador da então Biblioteca Luiz de Bessa, hoje Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais.

Todas as ações são gratuitas com inscrições no local uma hora antes de cada atividade. A programação completa pode ser conferida no site ww.institutoeduardofrieiro.com.br.

Produtos da Feira da Agricultura Familiar 

Serviço:

Feira da Agricultura Familiar 
Data: 3 de julho de 2017 (segunda-feira)
Horário: 9h às 20h 
Local: Espaço Democrático José Aparecido de Oliveira (EDJAO) - Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Endereço: Rua Rodrigues Caldas 30 - bairro Santo Agostinho – Belo Horizonte (MG)

 


Detran-MG inicia credenciamento de empresas de desmonte em Minas Gerais

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Segunda, 03 Julho 2017 09:52, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

desmanche carros

Medida tem o objetivo de combater o furto de veículos e o comércio clandestino de peças usadas, que agora deverão trazer atestado de qualidade

Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), publicou no sábado (24/6), a portaria nº 397 que dispõe sobre os credenciamentos de empresas destinadas a desmontagem, reciclagem, recuperação e a comercialização de partes e peças de veículos automotores em Minas Gerais.

Leia mais...


Aécio Neves pede ao STF permissão para manter contato com a irmã

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Quarta, 28 Junho 2017 17:24, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

aecio neves

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) permissão para manter contato com a irmã, Andrea Neves, que foi libertada na semana passada por decisão da Primeira Turma da Corte.


Entre as medidas cautelares estabelecidas em substituição à prisão preventiva em regime fechado, Andrea foi posta em prisão domiciliar e ficou proibida de entrar em contato com qualquer um dos outros investigados no processo, incluindo Aécio.

“A proibição de irmãos se comunicarem, especialmente no atual estágio do feito — já foi oferecida denúncia, inexistindo qualquer risco às investigações —, além de não se mostrar mais necessária, termina por violar direito natural do contato familiar, implicando em ofensa à própria dignidade da pessoa humana, princípio matriz da Constituição Federal”, escreveram os advogados de Aécio na petição protocolada na noite de ontem (27).

Além de Aécio e Andrea, são investigados no mesmo processo o primo do senador, Frederico Pacheco, e Mendherson Souza, ex-assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG). Todos foram denunciados por envolvimento em corrupção passiva, em decorrência da delação premiada de executivos da empresa JBS.

Andrea foi presa em 18 de maio, na Operação Patmos. Ele foi acusada pelo Ministério Público Federal (MPF) de ter solicitado a Joesley Batista, um dos controladores da JBS, a quantia de R$ 2 milhões em propina. A defesa nega as acusações. 

Mais R$ 40 milhões teriam sido solicitados por Andrea. A defesa dela alega que a quantia se refere à venda de um apartamento da família no Rio de Janeiro, nada tendo a ver com repasses ilícitos.

 


Após desabafo no Facebook, mãe presta queixa por tentativa de sequestro da filha e racismo

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Terça, 27 Junho 2017 23:04, Escrito por Jornal Hoje em Dia ,
Imprimir

reacismo mae sequestro

A denúncia de uma tentativa de sequestro seguido de racismo por meio de um desabafo no Facebook ganhou enorme repercussão nas redes sociais nesta terça-feira (27): foram 93 mil compartilhamentos em menos de 20 horas. Jamille Edaes, que é negra e tem uma filha de 1 ano e 5 meses, descreve a tentativa de sequestro da menina, que é branca, por uma mulher de aproximadamente 30 anos, em uma parada de ônibus em Perdões, no Sul de Minas. A situação foi ainda mais angustiante porque, como a suposta sequestradora é branca, a maioria das pessoas acreditaram que ela era a verdadeira mãe da menina, e não Jamille.


No texto do post, Jamille relata que o caso teria acontecido em uma viagem de ônibus na segunda-feira (26) entre São Paulo e Belo Horizonte. No Graal de Perdões, após ir com a filha até o banheiro, ela viu uma mulher pegar a menina pela mão, mas achou que fosse uma brincadeira. Quando Jamille chamou pela menina, a suposta sequestradora teria gritado que era a verdadeira mãe da criança e apresentado uma certidão de nascimento falsa, possivelmente de outra criança – o documento seria de uma menina chamada Jéssica, de 1 ano e 8 meses.

Jamille relata que teve de mostrar o documento de identidade da filha e fotos da família no Facebook para provar que era a verdadeira mãe da criança.  “Corri, chorei, pedi a ajuda e todos falando: ela não é sua filha, ela é branca, ela não se parece com você. Pelo amor de Deus, como assim? Minha filha não é minha filha porque eu sou negra? O pai dela é branco e ela realmente se parece mais com ele que comigo. Me seguraram, quiseram me bater, falaram que eu estava sequestrando uma criança”, escreveu Jamille. Ela afirma ter chamado a polícia, mas o motorista do ônibus em que viajava teria dito que não iria esperar pelos militares para o registro do boletim de ocorrência porque tinha horário a cumprir. Mãe e filha seguiram viagem, enquanto a suposta sequestradora ficou em Perdões.

O pai da criança e marido de Jamille,  Roberto Edaes Jr, relatou que a família ficou muito abalada."Estamos assustados com o racismo sofrido por ela e queremos que o caso seja apurado para que outras pessoas não passem por isso”, disse.

Jamille registrou boletim de ocorrência na Delegacia Regional de Betim no início da tarde desta terça-feira (27). As investigações ficarão a cargo da Delegacia de Rio Vermelho, também no Sul de Minas. Serão investigados os crimes de subtração de menor de idade, injúria e constrangimento ilegal. A Polícia Civil informou ainda que deve ouvir funcionários da parada do ônibus na tentativa de identificar e localizar a suspeita

Apuração dos fatos

O gerente de marketing local do Graal Perdões, Emílio Vasconcelos, confirmou que a empresa apura o possível sequestro da filha de Jamille Eades, na loja da empresa que fica no km-674, na rodovia Fernão Dias. Ele disse que no local há 16 câmeras de monitoramento, e que dois funcionários estão analisando todas as imagens gravadas.

No entanto, ele afirma que estava no local na segunda-feira (26) e não ouviu nenhuma gritaria nem discussão. Afirmou ainda que a Polícia Militar não foi ao local, e não procurou a empresa para registro de ocorrência. "Fiquei sabendo hoje (27), quando a matriz nos ligou perguntando, porque algum jornal ligou pra eles", afirmou.

A reportagem entrou em contato com os funcionários da garagem da Viação Cometa, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte. A empresa afirmou que tomou conhecimento do caso pelas redes sociais e que o motorista não havia comentado o ocorrido. A Cometa disse que está apurando a veracidade do relato escrito pela passageira nas redes sociais e que, após investigação, adotará as medidas cabíveis para esclarecer a situação.

desabafo face

Confira a íntegra da postagem feita por Jamille Edaes no Facebook nesta segunda (26):

Hoje dia 26/06/2017 sai dá cidade de São Paulo no ônibus de 09:00hrs com destino a Belo Horizonte. A viagem ocorrendo bem, até fazermos a segunda parada em um estabelecimento.

Entrei no banheiro com minha filha que tem apenas 1 ano e 5 meses, e na saída uma moça bonita com aparentemente uns 30 anos deu a mão a ela. Eu achei que ela estava brincando então não me importei muito, quando do nada essa moça começou a gritar : SOLTA A MINHA FILHA. Eu fiquei meio que sem reação, meu primeiro impulso foi pegar a #Manuela no colo e tentar sair de perto. Ela veio atrás gritando e tentando puxar a minha filha do meu colo. Ninguém fazia absolutamente nada!!!! Quando um rapaz (funcionário) chegou perto e perguntou o que estava acontecendo e ela respondeu: Essa preta roubou a minha filha. Ele me olhou de cima a baixo e perguntou o que eu estava fazendo com aquela "criança" no colo. Respondi: Essa "criança" é a minha filha!! Quando ele me perguntou: Tem como provar? Ãh?? Como assim eu ter que provar que minha filha é minha filha? Fiquei desesperada sem saber o que fazer. Quando aquela desgraçada daquela mulher puxou uma CERTIDÃO FALSA, alegando que ela tinha como provar. Vi meu mundo cair, pegaram a minha filha do meu colo e entregaram a ela. Vi ela andando em direção ao carro com a minha filha no colo. Corri, chorei, pedi a ajuda e todos falando: ela não é sua filha, ela é branca, ela não se parece com você. Pelo amor de Deus, como assim?? Minha filha não é minha filha porque eu sou negra????? O pai dela é branco e ela realmente se parece mais com ele que comigo. Me seguraram, quiseram me bater, falaram que eu estava sequestrando uma criança :'(

Inicialmente os passageiros ficaram do meu lado e quando ela mostrou a certidão TODOS me olharam torto.

Eu ando com a IDENTIDADE e CPF dela na bolsa , foi quando eu peguei, expliquei, falei para perguntarem a minha filha cadê a mamãe. Chamei a polícia.

O motorista do ônibus falou que não iria me esperar pois tinha "horário". Ou eu ficava e fazia b.o e ficava presa em uma cidade a Quilômetros de distância da minha casa ou ia embora com eles... Precisei entrar no face, mostrar fotos grávida, mostrar fotos do hospital, do nascimento dela. Para assim acreditarem que a menina branca, era filha da mulher negra!!!! ABSURDO, PRECONCEITO, DESCASO!!!!! Estou sem acreditar até agora que isso tenha acontecido comigo. Por fim, depois de mostrar nossos documentos e fotos me ajudaram a pegar a MINHA filha... E aquela mulher ficou lá, se esguelando, gritando e as pessoas que a conteram ficaram aguardando a chegada da polícia. Eu vim embora com uma sensação horrível, de que isso ainda vai acontecer muitas e muitas vezes e por causa do racismo e preconceito quase eu perco a minha filha.


Rede recorre do arquivamento do pedido de cassação de Aécio Neves

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Terça, 27 Junho 2017 17:06, Escrito por Agência Brasil ,
Imprimir

aecio neves

O líder da Rede Sustentabilidade (Rede) no Senado, Randolfe Rodrigues (AP), protocolou hoje (27) no Conselho de Ética da Casa recurso contra a decisão do presidente do colegiado, senador João Alberto (PMDB-MA), de arquivar a representação que pede a cassação do mandato do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG).


O recurso também é assinado pelos senadores João Capiberibe (PSB-AP), José Pimentel (PT-CE), Pedro Chaves (PSC-MS), Lasier Martins (PSD-RS) e Antônio Carlos Valadares (PSB/SE), membros titulares do conselho. O regimento do Senado estabelece que os requerimentos contestando decisões monocráticas devam ter, pelo menos, cinco assinaturas de apoio.

A secretaria do Conselho de Ética informou que o senador João Alberto convocará reunião do colegiado com 48 horas de antecedência para a votação do recurso apresentado pela Rede. Se o plenário rejeitar o recurso, a representação contra Aécio Neves será arquivada definitivamente. Caso os membros do colegiado aprovem o pedido, a representação será admitida automaticamente e o presidente deverá notificar o tucano para apresentar defesa prévia no prazo de 10 dias úteis.

Na última sexta-feira (24), João Alberto decidiu, monocraticamente, arquivar a representação da Rede contra Aécio Neves por considerar não haver provas contra o tucano. Na ocasião, o peemedebista maranhense justificou que “fizeram uma grande armação contra o senador Aécio”.

 


Prevenção à Criminalidade agita Aglomerado da Serra com agenda cultural

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Terça, 27 Junho 2017 15:07, Escrito por Agência Minas ,
Imprimir

 

Programa Fica Vivo! e parceiros promovem evento com a comunidade para envolver moradores e discutir ações e melhorias

ficavivo

Moradores e visitantes do Aglomerado da Serra, em Belo Horizonte, tiveram a rotina do fim de semana alterada com diversas programações culturais. A ação coletiva "Movimenta Caixa D'Água" levou para as ruas do Aglomerado da Serra rodas de bate papo, apresentações de música e danças, exposições de fotografia e artesanato, além de oficinas de taekwondo e tranças.


As apresentações culturais, artísticas e esportivas que incrementaram a ação do último sábado (24/6) são resultado das 19 oficinas que são oferecidas pelo Programa Fica Vivo! no CPC da Serra. O programa Mediação de Conflitos também marcou presença, com a realização de um bate papo com as mulheres para discutir violência doméstica e empoderamento feminino. O evento contou, ainda, com o apoio de referências comunitárias e da Escola Estadual José Medes Junior.

De acordo com a gestora do CPC Serra, Cristiane Ribeiros, o objetivo foi promover uma maior circulação das pessoas da comunidade em uma região que era marcada pela violência. “Queremos tornar esse espaço um lugar para que todas possam usar para se divertir, e eventos como esse mostram que é possível viver em paz na comunidade”, afirma.

Parceiro do evento, o bloco de carnaval “Seu Vizinho” realizou uma apresentação musical e oficina de percussão. Paulo Vitor, um dos idealizadores do bloco e morador da comunidade, disse que eventos como esse ajuda a conscientizar os moradores da responsabilidade de cuidar da comunidade.

“A gente estava com um problema de acúmulo de lixo na região do evento e, com as conversas que tivemos, acredito que vamos conseguir uma melhoria na limpeza e segurança”, destaca.

A programação foi promovida pelo Centro de Prevenção à Criminalidade Serra (CPC Serra), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), em parceria com o Bloco Seu Vizinho e com o Grupo Especializado de Policiamento em Áreas de Risco (Gepar).

O Fica Vivo!

O Fica Vivo! é um programa que possui foco na prevenção e na redução de homicídios de adolescentes e jovens, atuando em áreas que registram maior concentração de homicídios. O programa articula dois eixos de atuação: Proteção Social e Intervenção Estratégica.

No eixo Proteção Social, a partir da análise da dinâmica social das violências e da criminalidade dos territórios, o programa promove oficinas de esporte, cultura e arte; realiza projetos locais, de circulação e institucionais; faz atendimentos individuais dos jovens; e promove Fóruns Comunitários. Além disso, a estratégia promove a articulação com os serviços públicos, para encaminhamentos de adolescentes e jovens.

No eixo Intervenção Estratégica, o programa promove a articulação interinstitucional entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), as Polícias Militar e Civil, Ministério Público, Poder Judiciário e órgãos municipais de Segurança Pública. Esse eixo contempla a operacionalização de Policiamento Preventivo Especializado, realizado pelo Grupo Especializado em Policiamento de Áreas de Risco da Polícia Militar (Gepar) que visa, dentre outros objetivos, a ampliação da sensação de segurança e da legitimidade do policiamento preventivo e das ações repressivas.

Além disso, esse eixo contempla também a formação e funcionamento dos Grupos de Intervenção Estratégica (GIE). Estes grupos têm como principal objetivo a prevenção e redução de conflitos e rivalidades violentas, por meio da ampliação da assertividade e tempestividade das ações repressivas realizadas nas áreas de abrangência do Fica Vivo!. 

 

 


Egressos do socioeducativo grafitam muros do Parque Municipal, em BH

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Sexta, 23 Junho 2017 09:11, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

Jovens acompanhados pelo programa Se Liga!, do Governo de Minas Gerais, coloriram muros do cartão-postal da capital

 grafite murro bh

 

Que o Parque Municipal Américo Renné Giannetti, localizado na região central da capital mineira é bonito, todo belo-horizontino já sabe. Mas o grafite pode deixar o que já é cartão-postal ainda melhor. Foi isso que aconteceu com alguns muros do local quando 18 adolescentes que participam do Programa Se Liga, do Governo de Minas Gerais, executado via Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), grafitaram o que estava cinza e trouxeram colorido e vida para espaço.

Os jovens, da faixa etária de 15 a 20 anos, se reuniram, na terça e na quarta-feira (20 e 21/6), para a realização de uma atividade de intervenção urbana proporcionada pelo programa, com o objetivo de fazer com que eles circulassem pelos espaços da cidade e se sentissem pertencentes a estes ambientes.

A coordenadora regional do Se Liga – programa desenvolvido pela Subsecretaria de Atendimento Socioeducativo (Suase) da Sesp -, Rafaela Pereira Costa, reforça o tom da iniciativa. “É importante que estas pessoas, que já passaram por uma medida socioeducativa, comecem a perceber que eles fazem parte da cidade e que podem deixar marcas positivas nos espaços e contribuir para a revitalização destes locais”, ressalta.

O grafite foi um pedido dos jovens. O grupo, formado por meninos e meninas, passou a tarde dos dois dias, no parque, preparando os muros e pensando na arte a ser exposta. Guilherme de Paula, por exemplo, é um dos participantes. “Nunca tinha pintado. É a primeira vez que faço isso. O professor explicou bem a técnica e acredito que para o parque traz uma vida uma nova”, destaca.

O jovem Breno Augusto também participou da grafitagem pela primeira vez. “Eu gostei demais. Achei legal o Se Liga proporcionar este aprendizado para a gente. Vou querer fazer mais vezes”, diz.

O oficineiro, Vagner Luiz da Silva, 39 anos, é grafiteiro profissional e trabalha com adolescentes nas casas de semiliberdade e no Programa Fica Vivo!, ambos da Sesp. Foi ele quem acompanhou o grupo e ensinou as técnicas iniciais.

Para Vagner, a oportunidade de fazer arte por meio do grafite é ideal para este público, porque a maioria dos jovens vem de uma cultura do funk, do aglomerado - e a expressão desta realidade fica nítida no grafite. “No parque, escolhemos trabalhar a arte abstrata, algo leve, por ter muita criança frequentando. Escolhemos formas geométricas pra combinar com o local e com a estrutura do entorno”, explica.

Programa Se Liga

Atualmente, 148 adolescentes são acompanhados pelo Programa Se Liga. Eles são de Belo Horizonte, da Região Metropolitana e de Sete Lagoas. O objetivo do programa é contribuir para a sustentação ou continuidade de projetos desenvolvidos durante o cumprimento da medida, auxiliando na construção de novas oportunidades para os jovens.

O programa contribui para o processo de fortalecimento de vínculos comunitários, familiares e sociais, buscando, preferencialmente, utilizar os equipamentos disponíveis da rede de atendimento, conforme estabelecido no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

 


Governador Fernando Pimentel vistoria bases móveis que serão entregues para a população de Belo Horizonte

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Sexta, 23 Junho 2017 09:08, Escrito por Agência Minas ,
Imprimir

Equipamentos são a nova estratégia do programa Mais Segurança, que já apresenta queda nos índices de criminalidade no Estado

 pimentel policia

O governador Fernando Pimentel vistoriou nesta quarta-feira (21/6), durante visita ao 5º Batalhão de Polícia Militar em Belo Horizonte, os veículos que farão parte do programa que irá destinar 86 bases móveis de Patrulhamento Ostensivo da capital. Eles serão entregues à população nas próximas semanas.

Pimentel ressaltou que este novo modelo de policiamento já foi testado pela Polícia Militar, com bons resultados. “Vamos ter 86 bases móveis operando na capital a partir de agosto. A base ficará instalada em um ponto estratégico da região, dentro do bairro. Haverá uma base a cada quatro quilômetros quadrados da cidade, com dois policiais militares fixos e mais dois em motocicletas rodando a área, com comunicação por rádio e comunicação visual pelas câmeras do Olho Vivo e da BHTrans, dando uma cobertura muito eficiente para a população”, afirmou o governador, após conhecer uma das bases e entender como será, na prática, o funcionamento de cada equipamento.

Fernando Pimentel lembrou que a ação integra o Programa Mais Segurança, que já pôs à disposição dos cidadãos do Estado mais de 2.700 novos policiais militares nas ruas nos últimos meses e mais 1.000 novos investigadores da Polícia Civil. Além do incremento de pessoal, também colocou à disposição das polícias Militar e Civil 1.817 viaturas, sendo 395 delas apenas em Belo Horizonte.

“O sistema que estamos implantando vem na sequência de outras medidas que a gente já fez. Já colocamos mais policiais militares incorporados à tropa, investigadores de polícia, renovamos a frota inclusive no interior, o que faz muita diferença para o trabalho da polícia, e os índices de criminalidade estão refletindo esse trabalho, porque eles estão caindo”, destacou o governador. Segundo ele, o objetivo é levar as bases para outras cidades mineiras, como Uberlândia e Juiz de Fora, e para a região metropolitana da capital.

Queda da criminalidade

Durante a visita, foram apresentados números que mostram a queda nas estatísticas de crimes violentos em todo o Estado nos cinco primeiros meses de 2017. Os dados apontam redução em 11 dos 12 crimes monitorados pelo Observatório de Segurança Pública Cidadão, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), entre janeiro e maio deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado (ver quadro ao final da matéria).

"O índice de redução atingiu patamares na casa de 14% na capital e, em todo o Estado, o índice chegou a 8%. Isso é fruto de um trabalho de investimento do governo do Estado na Polícia Militar, investimentos em recursos humanos, em viaturas, e que começam a dar resultado. É importante frisar que, nos últimos quatro meses, nós interrompemos uma série histórica de oito anos de crescimento dos crimes violentos no Estado. São oito anos em que os roubos, os crimes violentos, aqueles que causam maior temor na comunidade, vinham em situação de crescimento - e isso foi interrompido”, explicou o comandante geral da Polícia Militar de Minas Gerais, coronel Helbert Figueiró de Lourdes.

Os roubos alcançaram a maior variação percentual de queda dos últimos seis anos no Estado, com 6,5%, o que significa 3.431 ocorrências a menos e a ratificação da reversão da curva deste tipo de crime. No fim de maio, o Governo já havia anunciado a diminuição dos registros de roubos em Minas pela primeira vez, nos últimos seis anos, quando se avaliava os dados do primeiro quadrimestre de 2017. Na capital, o cenário também é de redução (12,8%).

Outros crimes contra o patrimônio também diminuíram, com destaque para a queda de 42% em casos de extorsão mediante sequestro no estado e 42,8% em Belo Horizonte, no período janeiro a maio deste ano. As ocorrências de furto caíram 2,1% no estado e tiveram ligeira alta de 0,46% na capital.

Em Belo Horizonte, foi constatada queda em nove dos 12 crimes monitorados. Além da redução dos registros de extorsão mediante sequestro, apresentaram queda os sequestros e cárceres privados (37%), registros de homicídio tentado (23,7%) e vítimas de homicídio consumado (21,6%). Os dados de todos os 12 crimes monitorados pelo Estado, nos 853 municípios de Minas, estão disponíveis para a consulta no site da Secretaria de Estado de Segurança Pública.

 


Irmã de Aécio, Andrea Neves deixa a prisão em Belo Horizonte

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Quinta, 22 Junho 2017 09:30, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

andrea neves iml

Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), deixou o Complexo Feminino Estevão Pinto, em Belo Horizonte, passando a cumprir prisão domiciliar.

Na última terça-feira (20), a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu estender a ela e a Frederico Pacheco, primo de Aécio, o benefício concedido no mesmo dia a Mendherson de Souza Lima, ex-assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG).


Os três são apontados pelo Ministério Público Federal (MPF) como intermediários no recebimento de propina da JBS por Aécio. Eles foram presos em 18 de maio, na Operação Patmos.

Andrea Neves instalou uma tornozeleira eletrônica ainda antes de sair da prisão, informou o advogado Marcelo Leonardo. Ela não poderá sair de casa sem autorização prévia e está vetada de se comunicar com o irmão.

Ela foi apontada pelos investigadores como sendo responsável por solicitar R$ 2 milhões em propina a Joesley Batista, dono da JBS. O dinheiro seria destinado a pagar advogados.

Outros R$ 40 milhões teriam sido solicitados por Andrea. A defesa alega que a quantia nada tem a ver com vantagens ilícitas, sendo referente à venda de um apartamento da família no Rio de Janeiro.

 


Cadeia produtiva de Minas Gerais é mapeada pelo Crea

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Quarta, 21 Junho 2017 14:52, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

Lideranças empresariais se reúnem no Conselho de Engenharia para apresentação de cartilha que descreve os dez principais setores da economia mineira

 cadeia produtiva

Com o intuito de detalhar as atividades dos principais setores econômicos de Minas Gerais e oferecer subsídios para debates acerca do desenvolvimento econômico do estado, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas) vai lançar, no dia 28 de junho de 2017, a Cartilha das Cadeias Produtivas do Estado de Minas Gerais, durante o Simpósio de Gestão de Ativos, realizado na sede do Crea-Minas.



A cartilha tem o objetivo de instruir profissionais da engenharia e das demais áreas tecnológicas sobre como funcionam as cadeias produtivas dos setores automotivo, da siderurgia, da mineração, da metalurgia, da construção civil leve e pesada, da indústria da transformação, das telecomunicações, do agronegócio e da prestação de serviços e de consultoria, que representam os dez principais segmentos do Produto Interno Bruto (PIB) de Minas Gerais.

O projeto foi desenvolvido pelo Crea-Minas, por meio do trabalho do Colégio Estadual de Empresas (CEM-MG), em parceria com o Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI-BH), que disponibilizou professores e especialistas, os quais desenvolveram as pesquisas, entrevistas e análises necessárias para a elaboração da cartilha.

Segundo o Gerente de Engenharia de Produto e Processo da Comau, empresa do grupo Fiat, que é o coordenador do CEM-MG, engenheiro mecânico Delmer Cesário, a cartilha é importante por apresentar e discutir a atuação de diversas empresas que movimentam a economia mineira. “De posse das informações contidas na cartilha, os atores envolvidos nesta área poderão analisar e discutir como são concebidos, processados e distribuídos os produtos oriundos dessa cadeia. Oportunidade única para um entendimento da importância do nosso estado enquanto produtor de bens e serviços”, comenta.

Para o presidente do Crea-Minas, engenheiro civil Jobson Andrade, a cartilha dará subsídios para a realização de debates acerca da economia mineira ao apontar caminhos e permitindo uma reflexão crítica sobre o futuro desses principais setores da economia mineira. “Essa é mais uma importante contribuição do Crea-Minas para a sociedade mineira, resgatando o papel social da engenharia e demais profissões tecnológicas, e ressaltando sua responsabilidade com o desenvolvimento econômico, social e acima de tudo tecnológico”, afirma Jobson Andrade.

Simpósio

A Cartilha será apresentada durante o Simpósio de Gestão de Ativos - A Conquista da Excelência Empresarial e Operacional, promovido pelo Crea-Minas e Associação Brasileira de Manutenção e Gestão de Ativos (Abraman). Segundo Delmer, a escolha do tema se dá em função da relevância que a gestão de ativos vem tomando dentro das empresas que visam obter o máximo desempenho em suas atividades. Na oportunidade, lideranças do mundo empresarial estarão reunidas articulando discussão técnica sobre a temática do simpósio.

Serviços

Data: 28/06/2017

Horário:9h30

 


Supremo adia decisão sobre prisão do senador afastado Aécio Neves

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Terça, 20 Junho 2017 17:19, Escrito por Agência Brasil ,
Imprimir

aecio neves

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio decidiu hoje (20) adiar o julgamento sobre o pedido de prisão preventiva feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG).


A decisão foi tomada pelo ministro, que é relator do processo, para decidir primeiro sobre um recurso protocolado nesta manhã pela defesa de Aécio Neves, que pretende ser julgado pelo plenário da Corte. Ainda não há data para a retomada do julgamento.

Na semana passada, a PGR reforçou o pedido de prisão e alegou que Aécio Neves não está cumprindo a medida cautelar de afastamento. Ao reiterar o pedido, Janot citou uma postagem do senador afastado, em sua página no Facebook, no dia 30 de maio, em que ele aparece em uma foto acompanhado dos senadores Tasso Jereissati (CE), Antonio Anastasia (MG), Cássio Cunha Lima (PB) e José Serra (SP), colegas de partido. “Na pauta, votações no Congresso e a agenda política”, diz a legenda da foto.

Em nota, a assessoria de Aécio Neves informou que o senador afastado tem cumprido integralmente a decisão do ministro Edson Fachin e se mantém afastado das atividades parlamentares. “Entre as cautelares determinadas não consta o impedimento de receber visitas e discutir como cidadão, e não como parlamentar, assuntos diversos”, diz o texto.

 


Supremo manda soltar irmã e primo de Aécio Neves

Categoria: GERAL RMBH , Criado em Terça, 20 Junho 2017 17:13, Escrito por Agência Brasil ,
Imprimir

andrea neves iml 0

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou há pouco a soltura do irmã e do primo do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), presos desde o mês passado em Belo Horizonte.  Frederico Pacheco e Andreia Neves são investigados no Supremo a partir das delações da JBS.


A decisão foi tomada após o colegiado também determinar a libertação de Mendherson Souza Lima, ex-assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), acusado de intermediar o recebimento de propina enviada pelo empresário Joesley Batista, da JBS.

Mantendo o mesmo entendimento do julgamento anterior, a maioria dos ministros entendeu que a prisão dos acusados pode ser substituída por medidas cautelares, como entrega de passaporte e recolhimento domiciliar.

Em seguida, os ministros devem julgar pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para prender o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), também envolvido nas investigações da JBS.

 



Pagina 9 de 24

© 2019 VcNaNet