Cruzeiro empata na Ilha do Retiro.

Categoria: Cruzeiro , Criado em Segunda, 22 Maio 2017 12:19, Escrito por Gabriel Francisco. ,
Imprimir

Com campanhas cobiçadas e elenco bem reforçado entre a Copa do Brasil e Sul-americana, o Cruzeiro deixou a desejar. Logo após perder a continental com pênalti de Arrascaeta “desperdiçado”, o time do povo focou mais no Brasileirão. Ontem, 22/05 encarou o Sport fora de casa. Jogado com duas linhas de quatro e mais dois volantes, veio em seu esquema atual: 4-5-1, onde Alisson – destaque da rodada – protagonizou e abriu o placar após bola rolada para trás, por Lucas Romero atrás da marca da cal, diante do Rubro-negro de Recife, na Ilha do Retiro.

Já o Leão, por sua vez, em um esquema mais ofensivo, empatou com Diego Souza, de pênalti – protagonista também por ser um dos mais irritados do jogo. O gol dedicado a Rithely pelo seu primeiro filho e que o artilheiro será padrinho do bebê.

FÁBIO!

Logo nos dois primeiros minutos de jogo que foram mais quentes para o Leão do Bonfim, a estrela da Muralha Azul brilhou. Em duas bolas difíceis, bastante elasticidade de Fábio salvou o time do Cruzeiro da derrota fora de casa. O cruzeiro segue em quarto lugar pelo Campeonato.

1 Grêmio
2 Fluminense
3 Flamengo
4 Cruzeiro


Raposa derrota o Tricolor Paulista com gol único.

Categoria: Cruzeiro , Criado em Segunda, 15 Maio 2017 12:48, Escrito por Gabriel Francisco. ,
Imprimir

Em tarde de clássico, o Cruzeiro pegou o São Paulo pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo em ambos os tempos foi bem estudado tecnicamente, exigindo muito da defesa e do meio de campo. A proposta dos “Independentes” era vencer ou vencer – ressalva para o mando do agora técnico Rogério Ceni que vem, em seu certo modo, irritando alguns poucos torcedores.

Apesar de o jogo ser no Mineirão, o visitante contou com bastante presença da torcida e, embora no dia das Mães, o time celeste não contou bastante – como esperado no Gigante da Pampulha – mas sim, empurrou o time durante os 90 minutos.

Acirrado no meio de campo, era um jogo de perde-e-ganha. Toques de bola excessivamente errôneo pelos dois lados do campo. Chutões à parte. Rifas de bola e tensão – faltas tolas cometidas. A estrela de Lucas Pratto e Cueva não brilhou no primeiro tempo, assim como o do centroavante Ramón Abila. O setor defensivo do Cruzeiro andou muito perdido na etapa inicial, principalmente pelo lado direito.

Pelo lado são Paulino, quem trabalhou mais foi Renan Ribeiro. Quando bolas alçadas à área tricolor o goleiro deu um show a parte ao espetáculo. No mais, não tinha que esperar muito no primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO. 

Diferente taticamente o Cruzeiro voltou melhor em campo. Já o São Paulo, tampouco. Aos três minutos, bobeada da defesa do tricolor paulista, Maicon deu chutão para fora das quatro linhas. O lateral foi cobrado rapidamente – e não há impedimento – colocando Ábila na cara do gol, que só escorou o pé para abrir o placar –. É oportunista! 1x0 Cruzeiro. O artilheiro dedicou o gol ao bebê que está por vir.

A etapa derradeira deixou o jogo mais pegado mas nada que assustasse a defesa celeste, que jogou novamente no esquema mais fechado (4-5-1)

A VOLTA DO ÍDOLO:

Quem estreou na partida foi o goleiro Fábio, ídolo da Nação Azul, completando 707 jogos com a mesma camisa. A Muralha Celeste não trabalhou muito.

RENDA:

Público Pagante 6.528
Renda R$ 125.549,00

‘Deu Zebra’

Categoria: Cruzeiro , Criado em Quinta, 11 Maio 2017 12:25, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

 

 

 

20170510213326302978iTemido como “La Bestia Negra”em competições continentais, o Cruzeiro não mandou tão bem na noite de ontem, jogando contra o Nacional-PAR. No Gigante da Pampulha, o time havia feito o resultado de 2x1 e consequentemente levando vantagem no jogo de volta da Primeira Fase da Competição. Para se classificar bastava um empate. O time mandante no Estádio Defensor Del Chaco teria de ir com tudo para buscar um único gol sem levar nenhum, lembrando que, caso empatasse, os jogos iriam para os pênaltis.

Durante a partida, ambos os primeiros gols saíram de um erro defensivo ao tentar tirar a bola na área – no gol de Thiago Neves, Santana, autor do gol no Mineirão desviou a bola, deixando o atacante livre para meter de chapa, abrindo o placar. 1x0 Cruzeiro. O marcador foi aberto aos 11.O atacante sentiu a perna logo após o feito.

Aos 17 minutos do primeiro tempo o Nacional atacou, da mesma forma que o cruzeiro – bola aérea –. Mayke tentou o domínio, mas a bola fugiu, voltando para trás, nos pés de Villagra, que encheu o pé, não dando mínima condição ao goleiro celeste. Falta de comunicação defensiva-celeste!

NO VIRA, VIRA, É PENALTI!

O Cruzeiro voltou ao esquema tradicional de mata-mata, jogando defensivamente para mantar o resultado, utilizando cinco homens no meio de campo e apenas um homem de frente – 4-5-1 –. Mas de nada adiantou. Caicedo saiu jogando errado, entregando a bola para Villagra, que nada pode fazer a não ser tirar dois jogadores da jogada, colocando a bola no alto, nas cabeças de Bareiro, tocando e indo para o fundo da rede. No vira, vira, 2x1 Nacional do Paraguai... É PENALTI, PORTANTO!

 PENALIDADES:

Alisson X Dávalos X
Henrique X H. Miranda X
Hudson X Santiago Rojas X
Fabrício X Salgueiro X
Arrascaeta X Walter Rodriguez X

 SUBSTITUIÇÕES:

Cruzeiro:

SAI: Thiago Neves ENTRA:  Alisson
SAI: Ábila ENTRA: Dedé
SAI: Diogo Barbosa ENTRA: Fabrício

 

Nacional- PAR:

SAI: Villagra ENTRA: Freddy Bareiro
SAI: J. Santana ENTRA: W. Rodriguez
SAI: Francisco García ENTRA:  José Nuñez

SUL-AMERICANA: Em busca das Oitavas de Final.

Categoria: Cruzeiro , Criado em Terça, 09 Maio 2017 10:33, Escrito por Gabriel Francisco. ,
Imprimir

Com vitória no primeiro jogo em casa, o Cruzeiro viajou até o Paraguai para enfrentar o Nacional em sua tradicional casa. Com vitória parcial, a Raposa leva vantagem devido ao primeiro jogo, embora acirrado, ter vencido por 2x1, no Mineirão. Basta um empate para a equipe azul alavancar para as Oitavas de final.

Derrotado pelo atlético mineiro três dias antes do jogo em Assunção do Paraguai, o time celeste agora busca além da classificação para a fase mata-mata, a engrenagem para os pontos corridos. Isto mesmo, o Brasileirão, onde por meio do clássico contra o São Paulo começará.

O máximo de cuidado é ainda pouco. Com um gol e um descuido, o placar dará vitória ao Nacional-PAR, sabendo que gol fora de casa pesa numa competição tal qual a Sul-americana.

LOCAL, ESTÁDIO, DATA E HORÁRIO.

Local: Assunção; Paraguai
Estádio: Estádio Defensor del Chaco
Horário: 19h15

ARBITRAGEM.

Gustavo Murilo – COL
Eduardo Diaz - COL (auxiliar)
Humberto Calvijo – COL (auxiliar)

PROVAVEL ESCALAÇÃO? 

Rafael

Mayke

Leo

Kunty Caicedo

Diogo Barbosa

Hudson

Enrique

Rafinha

Arrascaeta

Thiago Neves

Rafael Sobis(?)

É provável que, se por ver entre os clássicos, Ramón Abila assuma a posição de Rafael Sóbis. 


Avante, torcida celeste!

Categoria: Cruzeiro , Criado em Quarta, 03 Maio 2017 14:02, Escrito por Gabriel Francisco. ,
Imprimir

Após tenso clássico no Estádio Governador Magalhães Pinto, o Cruzeiro enfrenta o saudoso time de Santa Catarina pela Copa do Brasil – competição que o time celeste conhece bem! Após se igualar ao tetracampeão assim como o Grêmio, o time, em 2014 foi vice diante do arquirrival. Porém, vem com tudo e com todos para mais uma vez ser o segundo e também se igualar ao Penta que o Grêmio, em 2016 conseguiu diante do Galo mineiro.

As circunstâncias não eram para menos. O time celeste estava invicto desde a primeira rodada até o jogo contra o São Paulo, que conseguiu o placar de 3x2 fora de casa, entretanto não conseguiu reverter o agregado. A Raposa joga em casa, pelas oitavas de final, contra a Chapecoense e o técnico Mano Meneses não vê possibilidades de não se classificar no primeiro jogo.

Um dos destaques do time celeste, Arrascaeta se vê focado para auxiliar o time dentro de campo. Vale ressaltar que o argentino junto com Thiago Neves é uma dupla dinâmica.

DESFALQUE!

O meia-atacante Elber é um dos desfalques do time em prol de uma lesão muscular.

SELECIONADOS!

Mano Menezes divulgou a escalação do jogo contra a Chapecoense. A lista foi divulgada no início da noite de ontem, (02) segundo o site globoesporte.com/mg.

Goleiros: Fábio, Lucas França, Rafael.

Laterais: Bryan, Diogo Barbosa, Fabrício, Lennon, Mayke.

Zagueiros: Dedé, Kunty Caicedo e Léo.

Volantes: Henrique, Hudson, Lucas Silva, Lucas Romero.

Meias: Alex, Arrascaeta, Rafinha, Thiago Neves.

Atacantes: Alisson, Rafael Sóbis, Raniel e Ramon Ábila.

HORÁRIO:

A partida contra a Chapecoense acontece hoje, às 21:45


Promoção premia 43 Sócios celestes com carro 0km e mais prêmios

Categoria: Cruzeiro , Criado em Quarta, 11 Junho 2014 23:45, Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir

sociofutebolO Maior de Minas em conjunto com o Movimento por um Futebol Melhor premiou no último mês, 43 Sócios celestes através da “Promoção Sócio Torcedor Sempre Ganha”. Foram no total, 84 premiados em todo o Brasil. Desses, 43 Sócios cinco estrelas  faturaram prêmios que foram de vale compras a um carro 0km. O sorteio ocorreu no dia 28 de maio e premiou os Sócios que consumiram no mês de abril.

Leia mais...


Clássico rende: julgamento de cruzeirenses não tem data marcada

Categoria: Cruzeiro , Criado em Terça, 20 Maio 2014 21:52, Escrito por Globo.com ,
Imprimir

Marcelo Moreno é expulso pelo árbitro Héber Roberto Lopes (Foto: Reprodução / Premiere)Denúncia feita pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva é oficializada. Atacantes Marcelo Moreno e Luan, além do diretor Alexandre Mattos, serão julgados

O Superior Tribunal de Justiça de Desportiva (STJD) da CBF oficializou as denúncias contra o dirigente de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, e os jogadores Marcelo Moreno e Luan, pela conduta no clássico do último dia 11 de maio. A data do julgamento ainda não foi marcada.

 

A situação mais grave é a de Marcelo Moreno, que será julgado em três artigos. O 184 é referente à “quando o agente mediante mais de uma ação ou omissão, pratica duas ou mais infrações, aplicam-se cumulativamente as penas”. O segundo artigo é 243-C, pela ameaça feita a Héber Roberto Lopes, cuja punição pode ser de multa de R$ 100 a R$ 100 mil, e suspensão de 30 a 120 dias. O terceiro artigo é o 243-F, que se refere a ofensa: ele fez um gesto com as mãos indicando roubo, pelo qual também pode pagar multa que varia de R$ 100 a R$ 100 mil, além de pegar suspensão de uma a seis partidas.

Leia mais...


© 2019 VcNaNet