Para liberar Pierre, Palmeiras ainda espera definição de Daniel Carvalho

Categoria: Esportes , Criado em Sexta, 06 Janeiro 2012 09:59 Escrito por André Pessoa ,
Imprimir E-mail

mont_pierre_daniel_60

Lentamente, as negociações para a manutenção do volante Pierre no Atlético-MG evoluem. Emprestado ao Galo até 31 de dezembro, Pierre teve de se reapresentar no Palmeiras nesta quarta-feira, mas sequer treinou ou passou pelos tradicionais exames médicos da pré-temporada. Já na noite de quarta, o volante se reuniu com o gerente de futebol César Sampaio e o vice-presidente Roberto Frizzo. A cúpula alviverde ficou convencida de que deve liberar o volante em definitivo para o Galo. Agora, só falta a compensação do clube mineiro para o negócio ser fechado.

Lentamente, as negociações para a manutenção do volante Pierre no Atlético-MG evoluem. Emprestado ao Galo até 31 de dezembro, Pierre teve de se reapresentar no Palmeiras nesta quarta-feira, mas sequer treinou ou passou pelos tradicionais exames médicos da pré-temporada. Já na noite de quarta, o volante se reuniu com o gerente de futebol César Sampaio e o vice-presidente Roberto Frizzo. A cúpula alviverde ficou convencida de que deve liberar o volante em definitivo para o Galo. Agora, só falta a compensação do clube mineiro para o negócio ser fechado.

O meia-atacante Daniel Carvalho será mesmo a moeda de troca, mas falta o acerto salarial com o Palmeiras. No entanto, a diferença entre o valor oferecido pelo clube e o pedido pelo jogador já foi maior.

– A distância, hoje, não é das maiores. É um jogador interessante, mas vamos trazê-lo dentro da nossa realidade. Em breve acertaremos. Quando todos querem chegar a um acordo, fica mais fácil – afirmou Frizzo.

A reunião desta quarta foi decisiva, já que os dirigentes palmeirenses sentiram a força da palavra de Pierre, que se adaptou muito bem a Belo Horizonte com a família. Roberto Frizzo diz que não há mágoas do jogador em relação ao Palmeiras, e sim gratidão ao Atlético-MG por ter dado a ele nova oportunidade no futebol. No Verdão, o volante foi relegado à condição de reserva de Márcio Araújo e Marcos Assunção.

– A vontade do jogador sempre prevalece, ele nos disse que está muito feliz no Atlético. Mas é questão de acertar tudo, em breve teremos uma definição melhor – assegurou Frizzo.

Hoje, o Palmeiras conta com quatro volantes no elenco: Araújo, Assunção, Chico e João Vitor. Por enquanto, o clube não pretende contratar outro nome para a posição.