Santa Cruz desbanca favoritismo do Real

Categoria: Esportes , Criado em Segunda, 31 Maio 2010 10:25 Escrito por Robson Sousa ,
Imprimir E-mail

Santa_CruzNo Estádio Beira Rio na Quitandinha campo do Real, o Santa Cruz não tom ou conhecimento dos donos da casa e passou a final após empatar em 1 a 1 em partida das semifinais válida pelo campeonato Infantil 2010 provido pela LMDC. O Santa Cruz entrou em campo sabendo que teria que segurar o ímpeto da equipe do Real e com isso foi mais cautelosa durante os 10 primeiros minutos, o Real tentou sufocar os zagueiros da Chapada que tiravam todas as bolas que eram colocadas para qualquer canto...

 

Santa_CruzNo Estádio Beira Rio na Quitandinha campo do Real, o Santa Cruz não tom ou conhecimento dos donos da casa e passou a final após empatar em 1 a 1 em partida das semifinais válida pelo campeonato Infantil 2010 provido pela LMDC.

O Santa Cruz entrou em campo sabendo que teria que segurar o ímpeto da equipe do Real e com isso foi mais cautelosa durante os 10 primeiros minutos, o Real tentou sufocar os zagueiros da Chapada que tiravam todas as bolas que eram colocadas para qualquer canto. O desespero passou a tomar conta dos meninos do Real que iam de qualquer jeito para o ataque e esqueciam a defesa e com isso hora e outra o Santa chegava com perigo. Aos 16 minutos o Santa Cruz aumentou sua vantagem na decisão após sofrer falta, Igor foi para a cobrança e fez um lindo gol na gaveta que o goleiro nem viu por onde passou. O Real que já mostrava sinais de desespero passou a deixar evidenciado que as coisas não seriam fáceis para ser revertida. Bruno tentava quase que sozinho resolver as ações para sua equipe, o conjunto do Real já não se mostrava tão eficiente diante de uma situação que exigia uma recuperação, uma vez que o jogo poderia ser o último do campeonato caso não conseguisse o empate ainda no primeiro tempo. O Santa Cruz passou a usar o tempo a seu favor tocando mais a bola. A equipe da chapada fechou o primeiro tempo vencendo por 1 a 0.

No segundo tempo o Real colocou a cabeça no lugar e passou a atacar mais, mas ainda sim sem muita organização em campo, tendo como base a vontade de ganhar. O Miame conseguia conter as investidas do adversário, mas se abdicou do ataque para assegurar a vantagem que lhe favorecia.

O Real conseguiu o empate aos 25 minutos em uma cobrança de pênalti feita por Bruno. O gol ascendeu a possibilidade de uma vira. O tempo foi passando e Miame se organizou mais e levou esse resultado até o final do jogo. O arbitro apitou final de jogo aos 37 minutos e os garotos do Santa Cruz comemoraram a classificação para as finais contra o Vasquinho.

 


SANTA CRUZ: Roger, Daniel (Hátilas), Fabrício, Renan, João, Michel, Samuel, Alef, Vinicius, João Vieira, Rafael.

Técnico: Airton Perobinha

REAL: Marco, Talysson, Arthur, Talysson, Walter, Edson, Bruno, Willian, Matheus, Jorge, João Luis

Técnico: Alex Rosa


Arbitragem: Geraldo Ferreira.