Santanense faz 3 x 1 e se classifica para o hexagonal

Categoria: Esportes , Criado em Segunda, 18 Outubro 2010 09:31 Escrito por Robson Sousa ,
Imprimir E-mail
santanenseA arbitragem escala para apitar o jogo não compareceu no campo de jogo, o que deixou a partida incerta para ter seu início. Alguns sugeriram que a partida acontecesse no outro fim de semana e a equipe do Palmeiras queria jogo e o Santanense com receio de quem apitaria o jogo. O mesário da Liga, Sebastião Peixoto recebeu por telefone, um comunicado do presidente da LMDC,...
santanenseEm partida válida pela décima segunda rodada, a última da fase de classificação, o Santanense venceu o Palmeiras por 3 a 1 e se garantiu para o hexagonal do campeonato amador de Caeté, promovido pela LMDC.
A arbitragem escala para apitar o jogo não compareceu no campo de jogo, o que deixou a partida incerta para ter seu início. Alguns sugeriram que a partida acontecesse no outro fim de semana e a equipe do Palmeiras queria jogo e o Santanense com receio de quem apitaria o jogo. O mesário da Liga, Sebastião Peixoto recebeu por telefone, um comunicado do presidente da LMDC, José Maria, de que o jogo estava suspenso e que a partida aconteceria no domingo seguinte, mas o técnico do Palmeiras, Wagner Santiago, telefonou para o presidente da Liga e eles entraram em acordo que se os dois capitães combinassem uma escolha da arbitragerm entre o público do estádio, que o jogo poderia ter seu início.
PalmeirasDepois de muita confusão, joga ou não, o bom senso falou mais alto e as duas equipes escolheram o técnico do Cia da Madeira, Tarcísio Marçal, para apitar a partida.
O jogo começou com o Santanense encima atacando muito, mas o Palmeiras tentava responder a altura, levando muito perigo a meta Tricolor. Pacelli aos 8 minutos chutou de fora da área e por pouco não abre o placar para o Santa. O Palmeiras na contraversiva cololcou o goleiro do Tricolor para funcionar aos 11 minutos. O jogo ficou lá e cá e as duas equipes poderia abrir o placar a qualquer momento. O Santanense foi quem saiu na frente, cobrança de escanteio, Guilherme subiu no segundo andar para colocar 1 a 0 Santanense aos 25 minutos. Esse gol fez com que o Palmeiras corresse mais em campo para empatar e Denis aos 31 aproveitou falha do goleiro Thiago do Santanense, para de cabeça empatar o jogo. A partida ficou franca, as duas equipes levavam muito perigo as defensivas. O árbitro Marçal se destacava em campo e dava tranquilidade a todos com decisões encima do lance, acompanhando todas as jogadas de perto, sendo melhor até que os árbitros que vem de Itabira para apitar em Caeté. Fim do primeiro tempo e o empate foi o resultado mais justo pelas atuações das duas equipes.
O segundo tempo teve seu início com uma pressão muito grande da equipe da casa, o Santanense partiu para cima e procurava o gol que lhe dava a classificação ao hexagonal. Pacelli do Santanense, começou a se destacar em campo com bons chutes de fora da área e aos 18 minutos quase do meio de campo Pacelli colocou 2 a 1 no placar em favor do Tricolor em falha do goleiro Adriano. O Palmeiras ficou entregue no jogo e já não oferecia muita pressão no Santa. Pacelli de voleio, em bate pronto fez o terceiro gol do Santanense aos 21 minutos. Com esse resultado o Santanense classifica-se para o hexagonal em quinto lugar com 11 pontos.


SANTANENSE:

Tiago, Marcos, Guto, Thiago (Romário), Pacelli, Guilherme (Ruchelle), Leo, Fá, Tim, Guilherme, Carlos. Técnico: Zezé.

PALMEIRAS:

Adriano, Kelson, Agnaldo, Adenilson, Luciano, Reginaldo, Vinícius, Cristian, Denis, Renato (Reginaldo), Júlio. Técnico: Wagner Santiago.

ÁRBITRO: Marçal.