Repartição pública atende mal o cidadão

Categoria: Minas , Criado em Sexta, 22 Março 2013 11:18 Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir E-mail

O Sr M.L, compareceu na fração da PM, onde declarou que em seu comércio de pães, situado no bairro Emboabas, teria adentrado um cão com sinais de leishmaniose, estando com diversos ferimentos pelo corpo, exalando forte odor fétido, declarando ainda que entrou em contato pessoal com a seção municipal de zoonoses, por meio da chefia do setor, para que se tomasse as devidas providencias quanto ao recolhimento do animal.

Certificado no local quanto a indisponibilidade de veículo para o atendimento, entraram em contato com a senhora I.S, segundo esta declarou a polícia que iria ao local para examinar e recolher o animal, onde o solicitante deveria aguardar o seu contato. O senhor M.L apresentou nova reclamação a polícia militar, uma vez que a seção municipal de zoonoses não enviou nenhum funcionário como havia sido tratado anteriormente pela chefia do setor com a PM. O senhor M.L foi orientado a comparecer na DePol para maiores esclarecimentos.