Lei que reforma a CLT é publicada no Diário Oficial da União

Categoria: Destaques , Criado em Sexta, 14 Julho 2017 10:09 Escrito por Agência Brasil ,
Imprimir E-mail

carteira de trabalho

A Lei nº 13.467, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1º de maio de 1943, também chamada de Lei de Modernização Trabalhista, está publicada na edição de hoje (14) do Diário Oficial da União.


 A Lei foi sancionada ontem (13) pelo presidente da República, Michel Temer, que, em cerimônia no Palácio do Planalto, na presença de ministros e parlamentares, entre outras autoridades, disse que os direitos dos trabalhadores estão sendo preservados.

“Este projeto de Lei é a síntese de como esse governo age. Como eu tenho dito, o diálogo é essencial, mas também a responsabilidade social. Estamos preservando todos os direitos dos trabalhadores. A Constituição Federal assim determina”.

A aprovação da reforma, tida pelo governo como uma de suas prioridades, divide opiniões. Mas o presidente e sua equipe garantem que a modernização da CLT vai aumentar a geração de empregos e dar segurança jurídica tanto para empregados quanto para empregadores.

“O que fizemos foi avançar. Contratos que antes não comportavam carteira assinada hoje estão previstos expressamente. Nossa consolidação, que foi na época um grande avanço, é de 1943. É claro que o mundo não é mais de 1943, é do século 21. E fizemos a adaptação ao século 21. Hoje há uma igualdade na concepção. As pessoas são capazes de fazer um acordo, de um lado os empregados, de outro, os empregadores”, frisou Temer.

Pontos polêmicos

Alguns pontos da lei, no entanto, serão alterados após diálogo com o Congresso. O governo enviou aos parlamentares uma minuta com os pontos da medida provisória (MP) com a qual pretende alterar a reforma trabalhista. A minuta toca em dez pontos da reforma, entre eles temas polêmicos que foram discutidos durante a tramitação, como o trabalho intermitente, a jornada 12 por 36 horas e o trabalho em condições insalubres das gestantes e lactantes.

Segundo o líder do governo senador Romero Jucá, relator da reforma na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), não há prazo definido para a conclusão da MP e há tempo para sua edição. “Encaminhei hoje [a MP] para vários parlamentares os pontos que são objeto do acordo no Senado para serem discutidos. Na hora que estiverem amadurecidos, a MP será editada. Não tem previsão. É importante dizer que esta lei só vale daqui a 120 dias. Para ter uma medida provisória que modifique a lei, ela tem que ocorrer antes de 119 dias. Então nós temos um prazo razoável”, disse.

Veja o que mudou:

reforma trabalhista quadro2


Destaques

Governo decide anular decreto que extinguia Renca

O presidente Michel Temer decidiu anular o decreto que extinguiu a Reserva Nacional do Cobre e...

Leia Mais...




Caete

Segundo Jornal Ademir de Carvalho e Zezé Oliveira são processados por contratações sem concurso

  Tramita no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) um processo por improbidade administrativa,...


Civil realiza operação em combate à criminalidade em Caeté e prende 4 suspeitos

Uma operação deflagrada pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Caeté, na sexta-feira (15),...


Santuário comemora Dia de Nossa Senhora da Piedade nesta sexta

O Dia de Nossa Senhora da Piedade, 15 de setembro, é celebrado com uma programação especial no...


MORRO VERMELHO FESTEJOU SUA PADROEIRA PELA 313ª VEZ

A Festa de Nossa Senhora de Nazareth do Distrito de Morro Vermelho é uma das comemorações...



Minas

Minas Gerais tem primeira prisão por estupro virtual; entenda o crime

Um rapaz de 19 anos que ameaçava divulgar 'nudes' e chantageava jovens para receber vídeos...


PCMG indicia vereadores, servidores públicos e empresários por fraude em licitação em Santa Bárbara

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), através da Delegacia de Polícia Civil de Santa Bárbara,...


Museus de todo o país abrem as portas com programação especial nesta semana

Debates, projeção de filmes com audiodescrição, lançamento de publicações e diversas exposições...




Brasil

Petrobras anuncia redução nos preços da gasolina e do diesel

Os preços da gasolina e do diesel nas refinarias serão reduzidos em 0,3% e 0,4%, respectivamente, a...


Consulta do Abono Salarial do PIS/Pasep pode ser feita por aplicativo

O Ministério do Trabalho lançou um aplicativo para celulares para a consulta ao saque do Abono...


Mesmo poluída, Baía de Guanabara é fonte de renda para milhares de pescadores

Aos 67 anos, Sérgio Souza dos Santos, pescador há 58 anos, lembra com saudades dos bons tempos de...




Mundo

Apuração confirma vitória de Merkel nas eleições gerais na Alemanha

A apuração final dos votos das eleições gerais na Alemanha confirmou nesta segunda-feira (25) a...


Líder norte-coreano diz que Trump pagará muito caro por ameaças ao país

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, afirmou hoje (22) que o presidente dos Estados Unidos,...


Papa anuncia fim da possibilidade de recurso para padres que cometem abusos

O papa Francisco anunciou hoje (21) que um religioso efetivamente condenado por abuso sexual...