Lei que reforma a CLT é publicada no Diário Oficial da União

Categoria: Destaques , Criado em Sexta, 14 Julho 2017 10:09 Escrito por Agência Brasil ,
Imprimir E-mail

carteira de trabalho

A Lei nº 13.467, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1º de maio de 1943, também chamada de Lei de Modernização Trabalhista, está publicada na edição de hoje (14) do Diário Oficial da União.


 A Lei foi sancionada ontem (13) pelo presidente da República, Michel Temer, que, em cerimônia no Palácio do Planalto, na presença de ministros e parlamentares, entre outras autoridades, disse que os direitos dos trabalhadores estão sendo preservados.

“Este projeto de Lei é a síntese de como esse governo age. Como eu tenho dito, o diálogo é essencial, mas também a responsabilidade social. Estamos preservando todos os direitos dos trabalhadores. A Constituição Federal assim determina”.

A aprovação da reforma, tida pelo governo como uma de suas prioridades, divide opiniões. Mas o presidente e sua equipe garantem que a modernização da CLT vai aumentar a geração de empregos e dar segurança jurídica tanto para empregados quanto para empregadores.

“O que fizemos foi avançar. Contratos que antes não comportavam carteira assinada hoje estão previstos expressamente. Nossa consolidação, que foi na época um grande avanço, é de 1943. É claro que o mundo não é mais de 1943, é do século 21. E fizemos a adaptação ao século 21. Hoje há uma igualdade na concepção. As pessoas são capazes de fazer um acordo, de um lado os empregados, de outro, os empregadores”, frisou Temer.

Pontos polêmicos

Alguns pontos da lei, no entanto, serão alterados após diálogo com o Congresso. O governo enviou aos parlamentares uma minuta com os pontos da medida provisória (MP) com a qual pretende alterar a reforma trabalhista. A minuta toca em dez pontos da reforma, entre eles temas polêmicos que foram discutidos durante a tramitação, como o trabalho intermitente, a jornada 12 por 36 horas e o trabalho em condições insalubres das gestantes e lactantes.

Segundo o líder do governo senador Romero Jucá, relator da reforma na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), não há prazo definido para a conclusão da MP e há tempo para sua edição. “Encaminhei hoje [a MP] para vários parlamentares os pontos que são objeto do acordo no Senado para serem discutidos. Na hora que estiverem amadurecidos, a MP será editada. Não tem previsão. É importante dizer que esta lei só vale daqui a 120 dias. Para ter uma medida provisória que modifique a lei, ela tem que ocorrer antes de 119 dias. Então nós temos um prazo razoável”, disse.

Veja o que mudou:

reforma trabalhista quadro2


Destaques

Caged de outubro indica saldo de 76 mil empregos, melhor resultado do ano

Números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) que acabam de ser divulgados pelo...

Leia Mais...



Caete

Fim do sinal analógico de TV em Caeté e região começa hoje 8, e terminará dia 22, diz a Anatel

    O Grupo de Implantação da TV Digital da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu na...


Civil desarticula quadrilha especializada em roubo a residência em Caeté

Mateus Silva da Silva, 20 anos, conhecido por “Baixo”, Junior Marques Perez, 19, o “Cascão”, e...


Câmara realiza 2° Concurso de Redação

O principal objetivo é estimular a reflexão entre os estudantes sobre a importância de valorizar e...


CÂMARA COMEMORA DIA DO VEREADOR

No último dia 6 (sexta-feira), a Câmara Municipal de Caeté reuniu-se em Sessão Solene para...



Minas

Justiça Federal retoma andamento de ação criminal sobre tragédia de Mariana

O juiz federal Jacques de Queiroz Ferreira determinou ontem (13) a retomada da ação criminal...


Presa mulher condenada a 50 anos de prisão

Alaíde Sabino Ferreira de Souza, foragida da Justiça desde 1999, foi presa pela Polícia Civil de...


Empresa busca licença para extrair ouro em área afetada pela tragédia de Mariana

Tramita na Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad), um...




Brasil

Rodrigo Maia diz que reforma da Previdência é a salvação do Brasil

Em almoço em Porto Alegre com deputados da bancada gaúcha, o presidente da Câmara dos Deputados,...


Receita passa a cobrar CPF de dependentes a partir de 8 anos de idade

A Receita Federal reduziu para 8 anos a idade mínima para a apresentação de CPF de dependentes na...


MP português abre inquérito para apurar morte de brasileira pela polícia

O Ministério Público português abriu um inquérito ontem (16) para investigar as circunstâncias da...



Mundo

Brasil deve enviar tropas para missão de paz na República Centro-Africana

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse ontem (16), em Washington, Estados Unidos, que o...


Brasil deve enviar tropas para missão de paz na República Centro-Africana

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse ontem (16), em Washington, Estados Unidos, que o...


Cerca de 205 milhões de mulheres têm diabetes no mundo, alerta OMS

No Dia Mundial do Diabetes, lembrado hoje (14), a Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que...