Procon Câmara investiga cobrança indevida em contas dos servidores municipais

Categoria: Cidade , Criado em Sexta, 02 Março 2018 19:35 Escrito por VcNaNeT ,
Imprimir E-mail

santander ag caete

O PROCON CÂMARA DE CAETÉ instaurou uma Investigação Preliminar para apuração de suposta prática que afronta o Código de Defesa do Consumidor cometida pelo Banco Santander em face dos servidores da Prefeitura Municipal de Caeté.

Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caeté, no ano de 2017, o Banco Santander passou a cobrar nas contas dos servidores que recebem os salários junto à agência, uma taxa de manutenção da conta corrente ativa.

Diante da instauração do procedimento investigatório preliminar, o Banco Santander apresentou sua justificativa na data de 01/02/2018 e, como ato do referido procedimento, o PROCON CÂMARA encaminhou ofício à Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor e ao Banco Central do Brasil, solicitando parecer sobre o caso e aguarda retorno desses órgãos.

Ao fim do procedimento, caso seja confirmado quaisquer irregularidades legais ou afronta ao Código de Defesa do Consumidor, a investigação poderá ser convertida em Representação perante o Ministério Público de Minas Gerais.

E você que é funcionário da prefeitura deve desconto em sua conta. Conta pra gente deixando seu comentário