Sindicância da Câmara Municipal apura fraude em processo seletivo da Prefeitura

Categoria: Cidade , Criado em Quarta, 09 Agosto 2017 21:44 Escrito por João Eduardo Santana ,
Imprimir E-mail

599f8e74f5d306b04b13b14a0148ffe4

A Comissão de Administração da Câmara Municipal de Caeté concluiu a Sindicância nº001/2017, que apurou fraude no processo seletivo da Prefeitura Municipal de Caeté visando a contratação de agentes comunitários de saúde para o programa Saúde da Família. O edital lançado em maio deste ano contemplava as unidades de saúde Rubi (Pedra Branca), Safira (Distrito da Penedia), Diamante (Povoado de Água Limpa) e Esmeralda (Cidade Jardim), sendo disponibilizada uma vaga para cada unidade. Os requisitos eram a comprovação de ensino fundamental completo e comprovação de residência fixa na área de abrangência da equipe na qual o candidato se inscreveu. As provas ocorreram no último dia 05 de junho.
   
  Após a divulgação do resultado do processo seletivo, o vereador Sérgio Santos (Serginho da Penha) recebeu telefonemas feitos por participantes do mesmo processo, dizendo que a aprovada para a vaga de agente comunitária de saúde para o distrito da Penedia na verdade não residia verdadeiramente na localidade, sendo esta uma exigência para a posse na vaga. Incomodado com a situação, o vereador Sérgio oficiou a Mesa Diretora da Câmara Municipal, oficiando a abertura da Sindicância. “Durante algum tempo foram ouvidas testemunhas, candidatos e também a moradora do endereço que foi aprovada no processo seletivo”, disse o vereador.  A Secretaria de Administração também foi oficiada para enviar os documentos referentes ao processo seletivo.
  
  No relatório final da Sindicância apresentado pela Comissão de Administração foi constatada a evidência de fraude, tendo em vista as evidentes contradições nos depoimentos e as provas de que a aprovada de fato não reside no Distrito da Penedia.  O relatório já foi encaminhado à Mesa Diretora da Câmara e ao Executivo. “Desde o momento em que recebi a denúncia tomei todas as medidas legais cabíveis, e tão logo foi constatada e evidenciada a fraude, após apuração na Comissão de Administração encaminhei o relatório à Mesa Diretora, solicitando cópia ao Executivo para impedimento da posse da candidata que cometeu a fraude, bem como a Cópia de todo processo ao Ministério Público para as medidas cabíveis”, concluiu o vereador Sérgio.
 
  Em nota oficial, a Prefeitura Municipal de Caeté se manifestou sobre o ocorrido. "Em resposta a solicitação esclarecendo sobre a contratação para agente comunitário de saúde do distrito da Penedia, a Prefeitura Municipal de Caeté informa que, como foram levantadas possíveis irregularidades no fornecimento de documentação por parte de candidatos, o processo de contratação foi imediatamente suspenso, e tramita internamente para que outro servidor apto e morador da localidade, conforme critério legal estabelecido, seja convocado para suprir a vaga."

 



Caete

CÂMARA COMEMORA DIA DO VEREADOR

No último dia 6 (sexta-feira), a Câmara Municipal de Caeté reuniu-se em Sessão Solene para...


Furto de equipamentos derruba sinal da Vivo em Caeté

  O furto de equipamentos da Vivo, no Morro do Serrote, fez com que o sinal da operadora...


SGPAN faz evento de adoção de animais no Poli

  Foto: Cãozinho estará no evento de adoção   Quer um amigo e tem como cuidar bem dele? A Sociedade...


Zezé Oliveira diz que há razões políticas para a criação da CPI

O ex-prefeito Zezé Oliveira se manifestou, nesta quarta-feira (4), sobre a abertura de uma...