Sindicância da Câmara Municipal apura fraude em processo seletivo da Prefeitura

Categoria: Cidade , Criado em Quarta, 09 Agosto 2017 21:44 Escrito por João Eduardo Santana ,
Imprimir E-mail

599f8e74f5d306b04b13b14a0148ffe4

A Comissão de Administração da Câmara Municipal de Caeté concluiu a Sindicância nº001/2017, que apurou fraude no processo seletivo da Prefeitura Municipal de Caeté visando a contratação de agentes comunitários de saúde para o programa Saúde da Família. O edital lançado em maio deste ano contemplava as unidades de saúde Rubi (Pedra Branca), Safira (Distrito da Penedia), Diamante (Povoado de Água Limpa) e Esmeralda (Cidade Jardim), sendo disponibilizada uma vaga para cada unidade. Os requisitos eram a comprovação de ensino fundamental completo e comprovação de residência fixa na área de abrangência da equipe na qual o candidato se inscreveu. As provas ocorreram no último dia 05 de junho.
   
  Após a divulgação do resultado do processo seletivo, o vereador Sérgio Santos (Serginho da Penha) recebeu telefonemas feitos por participantes do mesmo processo, dizendo que a aprovada para a vaga de agente comunitária de saúde para o distrito da Penedia na verdade não residia verdadeiramente na localidade, sendo esta uma exigência para a posse na vaga. Incomodado com a situação, o vereador Sérgio oficiou a Mesa Diretora da Câmara Municipal, oficiando a abertura da Sindicância. “Durante algum tempo foram ouvidas testemunhas, candidatos e também a moradora do endereço que foi aprovada no processo seletivo”, disse o vereador.  A Secretaria de Administração também foi oficiada para enviar os documentos referentes ao processo seletivo.
  
  No relatório final da Sindicância apresentado pela Comissão de Administração foi constatada a evidência de fraude, tendo em vista as evidentes contradições nos depoimentos e as provas de que a aprovada de fato não reside no Distrito da Penedia.  O relatório já foi encaminhado à Mesa Diretora da Câmara e ao Executivo. “Desde o momento em que recebi a denúncia tomei todas as medidas legais cabíveis, e tão logo foi constatada e evidenciada a fraude, após apuração na Comissão de Administração encaminhei o relatório à Mesa Diretora, solicitando cópia ao Executivo para impedimento da posse da candidata que cometeu a fraude, bem como a Cópia de todo processo ao Ministério Público para as medidas cabíveis”, concluiu o vereador Sérgio.
 
  Em nota oficial, a Prefeitura Municipal de Caeté se manifestou sobre o ocorrido. "Em resposta a solicitação esclarecendo sobre a contratação para agente comunitário de saúde do distrito da Penedia, a Prefeitura Municipal de Caeté informa que, como foram levantadas possíveis irregularidades no fornecimento de documentação por parte de candidatos, o processo de contratação foi imediatamente suspenso, e tramita internamente para que outro servidor apto e morador da localidade, conforme critério legal estabelecido, seja convocado para suprir a vaga."

 



Caete

Governo libera hoje abono salarial de 2016 para nascidos em dezembro

O Ministério do Trabalho liberou hoje (14) o pagamento do abono salarial do PIS/ Pasep ano-base...


O Recomeço após o temporal

Cadernos, lápis, brinquedos, alimentos e roupas. Diante das doações recebidas de várias partes,...


Motoristas fazem fila nos postos por possibilidade de falta de Combustível

Os Motoristas de Caeté fizeram fila nos postos da cidade para abastecerem devido a possibilidade de...


Detendo foge do presídio de Caeté

Foto: PMs na busca do fugitivo Um dos encarcerados no presídio de Caeté fugiu na manhã desta...